21 de novembro de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Quer potencializar os resultados da sua fábrica ou loja de móveis e, ainda, ter um controle unificado de todos os setores do seu negócio?

Para isso, um Sistema de Gestão (ERP) com recursos desenvolvidos especialmente para o segmento de lojas de móveis pode ser um divisor de águas no seu faturamento. Uma vez que esse tipo de solução tecnológica pode trazer benefícios que impactam diretamente as atividades desenvolvidas no seu negócio. Por exemplo, a redução de erros de lançamentos fiscais, um acompanhamento financeiro eficiente, gestão de estoque automatizada (evitando faltas ou excesso de mercadorias).

Em resumo, todos esses fatores, tão desejados, tendem a tornar operações da sua empresa mais eficazes, rápidas, lucrativas e até, mais satisfatórias para os seus clientes.

Diante disso, é necessário pensar em quais sistemas mais se enquadram para atender às demandas da sua loja de móveis. Afinal, cada tipo de negócio tem suas especificidades. E uma ferramenta tecnológica precisa estar alinhada com as suas expectativas e exigências.

Assim, nós da equipe SIGE Cloud, criamos este artigo. Nele, compartilhamos alguns dos principais elementos que devem ser levados em conta na hora de implementar um Sistema de Gestão para Fabricantes e Lojas de Móveis.

E se a minha empresa crescer?

Escalabilidade é um fator-chave para a sua tomada de decisão. Inegavelmente, todo mundo quer que sua empresa cresça e tenha cada vez mais lucro. Nesse sentido, lojas de móveis que pretendem investir em tecnologia para melhorar sua performance, precisam considerar a escalabilidade e flexibilidade na hora de escolher um sistema de gestão.

Portanto, decida por um Sistema ERP que funcione online, offline e mobile, e, sobretudo, que esteja disponível em nuvem. Desse modo, sua gestão financeira, fiscal, estoque e compras estarão sempre em dia. Sem surpresas ou processos engessados.

Além de tudo isso, softwares em nuvem permitem que você e sua equipe acessem os dados da empresa onde e quando quiserem.

Você tem o que eu preciso?

Agora o assunto ficou sério! Escolher um software para ajudar a gerir sua empresa não é brincadeira. Essa decisão envolve tempo, experiência e investimento. Por isso, para otimizar esse processo faça um levantamento de tudo o que você precisa. Aliás, você conhece as necessidades da sua loja de móveis? Você é fabricante ou apenas revende? Como você faz o acompanhamento do seu financeiro? Você usa planilhas para controle de estoque? A emissão de notas fiscais é um bicho de sete cabeças?

Responda a essas questões e estabeleça pontos a serem discutidos com a empresa que está ofertando um software a você. Evidentemente, hierarquize suas demandas e apresente uma a uma a empresa com a qual você está negociando. Vendedores experientes irão escutá-lo e a partir das suas dores, criarão uma boa proposta.

Que empresa é essa?

Você compra de fornecedores desconhecidos? Compra produtos que não sabe a procedência?

Fechar um contrato de um ano ou até mais com uma fornecedora de software exige alguns cuidados. Assim você evita futuras dores de cabeça. Desfrute de um período de experiência com o ERP em questão. Troque experiências com sua equipe e busque conhecer a fama da empresa que você está contratando.

É claro que todos querem ganhar, todos os softwares são anunciados como “completos e eficientes”. Entretanto, é preciso avaliar o atendimento, a estabilidade do sistema e a facilidade de manejo.

Preço x Valor

Considerando todos esses pontos, o fator preço não deve ser o elemento preponderante na sua decisão. Sabe aquela ditado popular de que “o barato sai caro”, com um Sistema de Gestão isso pode acontecer. Com certeza você deve negociar e buscar as melhores condições de pagamento.

Apesar disso, tenha em mente que uma fornecedora que desenvolve tecnologia de ponta, integra todos os setores da sua empresa, tem profissionais altamente qualificados, está sempre atualizada às mudanças na legislação fiscal e ainda presta atendimento de qualidade, tem uma estrutura a zelar e isso se verá refletido em seus planos. Assim como acontece na sua loja.

Afinal, o seu melhor produto, feito com material nobre e por profissionais capacitados, não terá o mesmo preço que um móvel de baixa qualidade, produzido em larga escala. Não é mesmo?

Dessa forma, nossa última dica é que você enxergue valor e não preço. Sua decisão deve estar baseada em fatos e, sobretudo, nos benefícios que essa contratação trará. A sua equipe que terá processos mais ágeis e fáceis de realizar, você terá visão ampla do seu negócio e seus clientes estarão satisfeitos com os resultados.

Gostou desse conteúdo? Quer saber mais? Recomendamos a leitura do artigo: Mitos e Verdades sobre Sistema ERP Online.

Show Full Content
Anterior Carta de Cobrança: Como montar um modelo amigável e eficiente [Download]
Próximo Nova Central de Ajuda do SIGE Cloud
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Novo Dashboard SIGE Cloud

4 de março de 2019
Fechar