16 de julho de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Seu ERP já não atende mais as necessidades do seu negócio? Se você chegou até aqui, é porque de fato está pesquisando a solução ideal, a mais completa para sua empresa.

Independentemente dos motivos que o levam a um Sistema de Gestão Empresarial mais robusto, se você está pensando em mudar de ERP, deve se perguntar: Como fazer a migração do sistema?

Pensando em responder essa e muitas outras perguntas sobre essa solução tecnológica que impacta todos os setores e, claro, a rentabilidade de um empreendimento, desenvolvemos o artigo de hoje.

Nele apresentamos e esclarecemos tópicos como:

  • Como e quando sei que preciso migrar de ERP?
  • Como é feita uma migração de ERP?
  • Quais os desafios no processo de migração?
  • 5 Razões para Migrar para o ERP SIGE Cloud

Então, vamos lá? Siga lendo e confira como todas essas informações podem facilitar essa árdua tarefa.

Como e quando sei que preciso migrar de ERP?

Antes de mais nada é preciso compreender quais as demandas que levam à migração de um sistema ERP. De tal forma que, para não cometer nenhum equívoco nesse processo de mudança, é imprescindível analisar prós e contras a fim de escolher a solução mais adequada às necessidades do seu negócio.

DICA SIGE: Compartilhamos um checklist para escolha de ERP, para baixar clique aqui.

Por exemplo, quando uma empresa prospera e começa a crescer, as necessidades são diferentes das iniciais. Provavelmente essa empresa precisará de mais ferramentas para gestão contábil, gestão fiscal.

Além disso, quando se tem poucos clientes é fácil gerenciar seus dados. Mas quando se tem dezenas, centenas ou milhares de clientes, é fundamental contar com uma solução tecnológica de Gestão de Clientes, para organizar dados, fazer planejamento estratégico e acompanhar negociações.

Ou seja, a medida que o empreendimento cresce, é fundamental contar com um software que acompanhe esse desenvolvimento.

Nesse sentido, é fundamental que o Sistema ERP escolhido seja sinônimo de escalabilidade. Por certo, muitos ERPs anunciam no mercado a possibilidade de escalar e oferecer recursos para micro, pequenas, médias e grandes empresas. Entretanto é preciso encontrar um software com experiência no mercado. E, claro, deve-se analisar com cuidado as funcionalidades que você busca. Por isso, é sempre bom realizar um teste na ferramenta, antes de contratar. Aproveite essa experiência para tirar todas as suas dúvidas!

Outro alerta para mudar de ERP é o investimento. Sem dúvida, em um mercado cada vez mais tecnológico e competitivo, há uma série de soluções de Gestão Empresarial sendo ofertadas, e um ponto crucial nessa decisão pode ser o custo-benefício.

Tendo em vista que o seu sistema é a espinha dorsal da gestão, a questão não é apenas preço, mas fatores como facilidade no uso, módulos disponíveis no pacote, suporte, acesso ilimitado. Se acaso todas esses fatores tenham sido contabilizados positivamente, vale fazer a migração.

Como é feita uma migração de ERP?

De fato, cada companhia de desenvolvimento de Softwares Empresariais tem a sua metodologia de migração. Entretanto, há alguns pontos básicos que precisam ser seguidos para que o processo de migração ocorra com fluidez.

Mapeamento de Processos

Primeiramente, é necessário mapear os processos dentro da sua empresa, para, então, definir quais os módulos a ser contratados. Ademais, com esse fluxo de processos bem delineado, é possível ter visão ampla dos seus objetivos com essa transição e quais os impactos dessa mudança no seu negócio.

O SIGE Cloud, por exemplo, já conta com uma hierarquia de processos determinada, baseada nas melhores práticas de mercado. Assim, a migração e implantação do Sistema ERP, ocorrem de forma simples, segura e orientada por especialistas em Gestão Empresarial.

Treinamento

Em seguida, é fundamental que sua equipe seja preparada para o que está por vir. Como o ERP é utilizado por diferentes setores, é imprescindível que todos recebam treinamento para utilizar os recursos disponíveis com total propriedade. Se esse treinamento for gratuito, melhor ainda.

Adotar um novo sistema para controle e gestão da empresa envolve uma série de fatores que podem afetar a produtividade e geração de valor do negócio. Desse modo, testes e a capacitação da equipe evitam falhas no ambiente de produção e dão segurança para pôr em prática os objetivos dos gestores, minimizando riscos e falhas.

Esse é um processo de extrema complexidade e que diz respeito a uma verdadeira parceria entre a empresa que fornece o software e o cliente que o utilizará. Para que essa relação traga benefícios reais para o seu negócio, um elemento a ser considerado no momento de escolher o seu sistema é a disponibilidade de suporte para atender e solucionar qualquer problema que você e sua equipe venham a ter.

Quais são os principais riscos que merecem atenção?

Inegavelmente, um problema que apavora gestores em empresas dos mais variados segmentos é o risco de perder os dados provenientes do sistema anterior. Imagine que pesadelo!

Logo depois, um risco a se pensar é a falta de conhecimento por parte da equipe. Pense só na dor de cabeça de investir em um ERP novo. Com uma infinidade de recursos que podem otimizar e facilitar a rotina administrativa, mas os membros da sua equipe que irão, de fato, utilizar o sistema não tem conhecimento para extrair o máximo do que têm em mãos?

Na SIGE, nossos setores de treinamento e suporte são altamente qualificados para capacitar todos os usuários de nossas soluções. Afinal, temos anos de experiência em desenvolvimento de softwares empresariais. E, claro, trabalhamos com o Sistema ERP mais completo do país, com milhares de clientes que usam e aprovam.

5 Razões para Migrar para o ERP SIGE Cloud

Simples. Completo. Eficiente. Conte com inúmeros recursos para facilitar a gestão de todos os processos da sua empresa, em um único ERP Online.

Gestão Financeira Eficiente

Vender, vender e vender. Essa é a meta de um negócio, seja no ramo de serviços ou de produtos. E para ter seus fluxos financeiros sempre em dia, alinhados e com dados precisos, o Módulo de Gestão Financeira do SIGE Cloud é o mais eficiente.

Gestão Fiscal constantemente atualizada

O SIGE Cloud possui um amplo módulo de gestão fiscal, sempre atualizado à legislação tributária. Além disso, disponibiliza um ambiente prático e automatizado, para que empresas de qualquer porte ou região possam gerir e emitir diversos tipos de documentos fiscais.

Veja abaixo alguns documentos fiscais emitidos pelo SIGE Cloud:

  • Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e);
  • Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e);
  • Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e);
  • Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e);
  • Manifesto de Documento Fiscal Eletrônico (MDF-e);
  • Cartas de Correção;
  • Cancelamentos;
  • Inutilizações de numeração;
  • Bloco K;
  • SPED Fiscal.

Integração com as Principais plataformas de E-commerce

Como se não bastassem todos os recursos disponíveis no sistema. O SIGE Cloud conta com uma central de integrações onde é possível sincronizar o sistema com a sua loja virtual.

Com a central de integrações você pode integrar o SIGE Cloud com diversos marketplaces e lojas virtuais. São eles:

  •  B2W (Americanas, Submarino e Shoptime)
  •  Walmart
  •  Amazon
  •  MagazineLuiza
  •  Cnova (Extra, Casas Bahia, PontoFrio)
  •  RicardoEletro
  •  Dafiti, Kanui e Tricae
  •  Netshoes e Zattini
  •  ShopFácil
  •  Carrefour
  •  Magento
  •  Loja Integrada
  •  WooCommerce
  •  Mercado Livre

Gestão Logística

Além de todos os módulos já apresentados, uma dos grande destaques da solução SIGE Cloud é a Logística que oferece:

  • Gestão de Estoque avançada, com múltiplos depósitos, controle por número de série, lote e validade, produtos compostos e muito mais.
  •  Gestão de Expedição, para controlar o despacho das mercadorias;
  • Gestão de Frotas, para controlar abastecimentos, multas, manutenções e todas as informações pertinentes aos veículos da empresa;
  • SIGEP Web, levando praticidade aos envios de mercadorias.

 CRM

Com este módulo é possível cadastrar seus clientes e seus respectivos contatos, criando novas oportunidades com o histórico de interações com o cliente. Além disso, pode ser acompanhada a evolução das oportunidades, desde seu início até a concretização do negócio.

Alén disso, conte com recursos como:

  • Dashboard de CRM;
  • Funil de Vendas;
  • Pipe de Oportunidades;
  • Histórico de Interações;
  • Lembretes e agendamentos;
  • Avaliação das Ações;
  • Campanhas de Marketing.
Show Full Content
Anterior Controle Financeiro: Planilha de Gastos para Download
Próximo Cálculo de Horas Extras: planilha para download
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

10 Erros comuns dos empreendedores iniciantes: saiba como evitá-los

15 de julho de 2019
Fechar