24 de março de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Seja nas lojas físicas ou nos e-commerces, a boa gestão de estoque é um fator chave para a rentabilidade do negócio e para contribuir com seu crescimento contínuo.

O termo gestão de estoque levanta muitas dúvidas e controvérsias entre aqueles que devem manejá-lo. Pois, geralmente, significa despender horas de trabalho contabilizando produtos, revisando validades, descobrindo mercadoria parada etc. O pior é que esse tempo perdido implica, muitas vezes, em dor de cabeça e dinheiro desperdiçado.

Em contrapartida, empreendedores organizados e com visão de negócio, optam por Softwares de Gestão Empresarial. Com tais ferramentas, os gestores automatizam esse processo tão necessário. Dessa forma, economizam tempo e dinheiro, além de ter total controle de sua empresa. Podendo estabelecer metas e conquistá-las com muito menos esforço.

Pensando nisso, nós da SIGE Cloud – além de desenvolvermos o melhor e mais completo Software ERP do Brasil –  aproveitamos para dividir nosso know-how com você.

Quer alcançar melhores resultados em sua empresa? Acompanhe as dicas a seguir e descubra como a boa gestão de estoque pode contribuir para impulsionar os seus negócios!

O que é e para quê serve a Gestão de Estoque?

É o acompanhamento, controle e planejamento dos produtos e/ou matérias-primas armazenadas em uma empresa, a fim de assegurar as melhores práticas operacionais.

Ao realizar uma correta gestão de estoque, você sabe quanto dinheiro tem “em espera”. Por isso, essa boa prática é tão importante. Porque ao controlar o estoque disponível em sua empresa, pode-se tomar as decisões adequadas para que seu negócio siga crescendo.

Tipos de Estoque

Você não vai ficar todos os dias analisando um por um dos produtos existentes na sua empresa, não é? Mas também não pode deixar para analisar as mercadorias estocadas apenas uma vez ao ano!

Por isso é que há diferentes tipos de estoque de acordo com a periodicidade: o Permanente (monitoramento em tempo real do que entra e sai da empresa); e o Periódico (usado para manter o balanço patrimonial).

Há, ainda, o estoque Físico (baseado na quantidade de itens) e o Monetário (baseado no preço de custo de cada item).

Organização do espaço físico

Essa dica parece a mais óbvia, mas nem sempre os empreendedores e suas equipes estão atentos à organização e otimização do espaço disponível para venda e/ou armazenamento de produtos. Ao projetar uma boa gestão de estoque, é necessário garantir que a mercadoria desejada seja facilmente encontrada. Vamos trazer isso para um exemplo prático?

Imagine que você tem uma loja de calçados. Uma cliente encanta-se com uma sandália que está na sua linda vitrine. No entanto, ela pede por um tamanho que não está exposto na loja. O vendedor consulta no sistema e identifica que o tamanho solicitado está disponível em estoque. Porém, ele passa uma hora procurando a sandália em meio a enorme quantidade de calçados misturados. A cliente, insatisfeita e cansada de esperar, vai embora.

Assim, não adianta seus registros estarem corretos no sistema se quando você mais precisa, não consegue localizá-los rapidamente.

Exemplos como esse não são raros, diversos estudos apontam que, no Brasil, o varejo perde em média 30% do seu faturamento com problemas de estoque. Por isso, uma dica valiosa é a organização. Pois permite que você saiba o espaço de que precisa, ganhe tempo e não perca nenhuma venda.

Automatização nos processos diários e sua equipe focada no crescimento

Contando com um Software de Gestão que integre o estoque a todos os setores de sua empresa, você terá um panorama dos produtos mais vendidos. E, claro, daqueles que não vendem tão bem. Saberá quais mercadorias dispõe e, ainda, os investimentos a ser feitos, conhecendo exatamente aquilo que deve ser reposto.

Um bom líder que monitore de perto o uso dessa ferramenta, e uma equipe consciente e focada no crescimento da empresa são fundamentais para o sucesso da gestão de estoque. Se você e sua equipe fizerem todos os lançamentos no sistema, terão controle da quantidade exata de cada produto armazenado. E, observando as vendas, poderão adiantar-se com seus pedidos. Assim, nunca ficarão sem produtos, evitando a perda de vendas!

Além disso, sabe aqueles produtos que estão “encalhados” ou que simplesmente você errou e comprou em excesso? Com uma equipe treinada e uma gestão de estoque automatizada, você poderá criar promoções e precificá-los melhor, para que se tornem mais atrativos. Dessa forma, corrigirá rupturas e estoques desnecessários, evitando os prejuízos!

 

Show Full Content
Anterior Sistema de Gestão ERP com Emissão de MDF-e
Próximo Importância de um Sistema de gestão para empresas

1 thought on “Como a gestão de estoque ajuda no crescimento de uma empresa

Comentários desabilitados.

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Livro Diário, Razão e Caixa: identificando as diferenças entre eles

30 de abril de 2018
Fechar