2 de março de 2021
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Não dá para negar que inovação virou palavra de ordem em empresas de todos os segmentos. Mas o que é inovar? O que é trazer o novo para dentro de uma empresa que já existe, que já tem suas práticas, processos, hábitos e vícios?

Mais ainda, o que é inovação em termos de pessoas? Como inovar no comportamento, no pensamento, na visão de negócio, nas relações de trabalho?

Somente empresa novas podem ser inovadoras? A sua empresa que tem mais tempo de mercado, aquela pela qual você lutou para que conquistasse uma boa clientela e se solidificasse no seu ramo de atuação, não pode ter como valores a inovação e a colaboração?

É sobre isso que falaremos neste artigo. Tentar entender como os valores da inovação e da colaboração podem ser aplicados a todo tipo de negócio, gerando resultados de bem-estar para as equipes e de lucratividade no seu caixa. Fique de olho nessas dicas!

Falta constante de inovação

Em um mercado cada vez mais saturado e de concorrência extremamente acirrada, o comodismo pode se tornar um erro fatal de gestão para qualquer empresa, até as mais tradicionais e estabelecidas. Nesses casos, parece que todo o esforço de inovação é perdido assim que as organizações conseguem alcançar seus objetivos e chegar a um patamar de reconhecimento e rendimentos mais elevado.

Inovar é um processo contínuo que permite que você se destaque da concorrência. Por isso, nunca deixe de pensar em estratégias de atualização para seu negócio, seja aprimorando processos, desenvolvendo novos produtos ou modernizando serviços.

E não se engane, inovar nem sempre envolve alto investimento financeiro. A inovação pode ser uma nova estratégia de comunicação com o seu público. Também, pode ser um serviço a mais que você oferece, pode ser a maneira como você apresenta a sua marca diante de questões sociais.

Portanto, esteja sempre atento aos movimentos do mercado e procure entender como o seu negócio pode criar algum diferencial para atender às necessidades de um mundo que está em constante transformação.

Nenhum feedback à equipe

Lembre-se de que os colaboradores precisam conhecer seu próprio desempenho. Pode até ser que o rendimento da equipe esteja abaixo das suas expectativas, mas procure priorizar os feedbacks positivos, destacando os pontos fortes de cada um antes de apresentar uma crítica. Também é importante que você se disponha a ajudá-los nos pontos que precisam ser melhorados.

Aproveite para pedir um feedback dos colaboradores em relação à sua gestão, além de perguntar qual é a opinião deles sobre o atual funcionamento da empresa. Desse modo, vocês podem trabalhar juntos na busca de melhores resultados. Veja como essa aproximação já trará ótimos resultados para a produtividade do time!

Retornos positivos e sentir-se reconhecido por seu empenho é fundamental para manter colaboradores motivados. Consequentemente, gente motivada atende melhor, é mais criativa e encontra soluções para problemas com muito mais facilidade.

Time que trabalha unido, cresce junto!

Descontrole na gestão financeira

Por incrível que pareça, são muitas as empresas tradicionais que se encontram imersas em uma completa desorganização financeira. O controle das finanças é um exercício diário de todo e qualquer negócio, independentemente de seu tamanho ou de seu tempo de atuação no mercado.

Se acaso não há um entendimento adequado das planilhas, dos gastos e dos lucros, como é possível medir os rendimentos, separar o capital de giro e realizar medidas de expansão da empresa? Invariavelmente, os processos estão interligados. O que faz a desorganização de um impactar, direta ou indiretamente, no outro e assim por diante.

Assim, inovação e colaboração passam também pelo alinhamento de informações. Dados organizados, setores que compartilham problemas e encontram soluções juntos, geram uma sinergia maior e constroem uma boa rentabilidade.

Seu financeiro não está lá essas coisas? Precisa de um empurrãozinho para crescer? Faça o teste grátis no SIGE Cloud por 15 dias.

Negligência na gestão do estoque e de compras

Outro erro bastante comum cometido por empresas tradicionais e que barra a inovação, especialmente no comércio, é a falta de controle no gerenciamento do estoque. É simplesmente imprescindível que o empreendedor e sua equipe saibam exatamente como está a movimentação de produtos em seu depósito. Com isso, é possível ter tempo hábil para encomendar mais matérias-primas. Ou ainda, parar de pedir determinado tipo de mercadoria por ter estocado em excesso, por exemplo.

Por certo, essa mentalidade de que estoque abarrotado de mercadorias é sinal de comércio próspero, é coisa coisa do passado.

Com um controle de estoque eficiente, você ajuda a manter a saúde financeira do seu negócio. Assim, elimina gastos desnecessários e facilita o planejamento dos suprimentos básicos para o pleno funcionamento dos processos da empresa.

Nesse sentido, reuniões periódicas com a equipe ajudam a entender como estabelecer práticas mais assertivas na venda de determinadas mercadorias, como motivar os vendedores a dar aquele gás nos itens que estão parados no estoque e a criar estratégias mais inteligentes para o seu processo de compra.

Estratégias de marketing e divulgação desatualizadas

Certamente, as empresas tradicionais que conseguiram ser reconhecidas em sua área de atuação conseguiram chegar longe com o uso de estratégias de comunicação eficientes, certo? Porém, assim como o mercado, as relações de consumo também se transformam constantemente. Nessa lógica, um erro grave de gestão de algumas dessas empresas é acreditar que as mesmas estratégias de marketing e gestão utilizadas com êxito no início do negócio ainda servem para o mercado atual. E não pense que isso não acontece com empresas novas. Mesmo negócios recentes, acabam copiando as ideias de outros empreendimentos e pecam ao não atualizarem o marketing para a sua realidade e necessidade.

Evidentemente, a atualização dessas estratégias ajuda a aproximar sua empresa mais do seu público consumidor. Além disso, lembre-se de que é necessário fidelizar aqueles clientes que já conhecem e consomem o seu produto. Sem esse cuidado básico, sua empresa será apenas mais uma em meio a tantas outras.

Sem dúvida, não há uma fórmula mágica para unir todos esses pontos. No entanto, o sucesso da sua empresa passa por um olhar atento à motivação dos seus colaboradores como agentes de transformação do seu negócio. Veja-os como parte do que a sua empresa é e dos objetivas que você deseja que ela alcance. Por fim, quando se tem uma equipe forte, com propósitos claros e espírito de time, todas as adversidades do empreendedorismo tornam-se muito mais fáceis de serem superadas.

E então, gostou desse conteúdo? Quer mais dicas de como mantar sua empresa nos trilhos? Recomendamos a leitura do artigo: Cultura organizacional: como transformar o rendimento da sua equipe

Show Full Content
Anterior 4 dicas do que NÃO fazer no seu site ou Loja Virtual
Próximo Calendário do E-commerce 2021

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

O caixa de 70% das PME’s não tinha reservas para enfrentar a crise: e o seu?

28 de abril de 2020
Fechar