21 de novembro de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Não somente os comércios e empresas de prestação de serviços, como também as indústrias precisam de automatização para ganhar mais agilidade e controle dos processos internos.

Se acaso você não sabe bem o significado de ERP, saiba que ele é o sistema de gestão de uma empresa. Essa sigla que vem do inglês Enterprise Resource Planning, diz respeito a uma tecnologia voltada à centralização e organização de processos e rotinas administrativas e comerciais em empresas de todos os segmentos.

Por certo, um ERP para indústrias e fabricantes deve atender determinadas demandas bem específicas. Por isso, compartilhamos este artigo. Nele, abordaremos os principais benefícios em adotar esse tipo de ferramenta na gestão de fábricas e indústrias. Confira!

Alinhamento de Processos

Antes de mais nada, se você tem um negócio, de qualquer porte, sabe que a rotina administrativa absorve demais um gestor. Ainda mais quando se fala em indústrias que tem o processo de produção, controle de compra de matérias-primas, despacho de mercadorias e tantas outras atividades que dependem de um gerenciamento regrado.

Por certo, é justamente aí que entra a questão do ERP. Um software de gestão empresarial cumpre a função de alinhar esses processos, tanto da parte comercial, administrativa e da produção propriamente dita. O que a médio e longo prazo gera uma melhoria no fluxo de caixa da empresa.

Centralização de Informações

Certamente, uma das principais vantagens em adotar um Sistema ERP para indústria é a centralização das informações da empresa. Além de possibilitar a extração de relatórios completos, que possibilitem tomar decisões mais assertivas. Essa centralização rende em tempo e praticidade no acesso aos dados dos setores.

Por exemplo, imagine que você tem uma pequena fábrica de móveis. Então, sua equipe comercial fecha uma venda de 30 poltronas de suede azul, com prazo de entrega para 15 dias. A equipe de produção começa a desenvolver o pedido, mas não tem suede azul suficiente. A entrega do tecido chega apenas daqui 30 dias. Imagine o transtorno causado ao cliente. Sua indústria corre o risco de perder a venda ou então, de pagar a mais para outro fornecedor para ter o material em um prazo mais curto.

Dificuldades como esta são muito comuns em empresas que não contam com sistemas de centralização de informações. Nesse sentido, um ERP cumpre também a função de melhorar a comunicação interna. O que, como podemos perceber no exemplo anterior, tem impacto na produtividade e nas finanças.

Controle de ponta a ponta

Certamente, o controle de todos os setores em um só lugar é um grande benefício dos ERPs. Indústrias, geralmente, têm vários processos e estão divididas em diversas áreas. Com um ERP, todos os setores têm acesso às informações da empresa e também podem alimentar informações em tempo real. Alinhando vendas, financeiro, estoque, CRM e fiscal.

Nesse sentido, os gestores têm um panorama completo do que acontece na empresa. O que além de facilitar a administração, auxilia no entendimento do que é prioridade, o que precisa de mudança ou melhorias. Permitindo que se planejem investimentos futuros ou reduções de orçamentos.

Redução de custos

Por falar em reduções… Pode ser que em um primeiro momento, os empreendedores acreditem que um Sistema de Gestão seja um custo. Mas, na verdade, todos os fatores anteriores demonstram que um ERP é questão de investimento.

Assim, contar com uma ferramenta inteligente ajuda a reduzir custos desnecessários, torna os setores mais produtivos e, ainda, diminui os processos burocráticos. Permitindo, então, desenvolver estratégias competitivas muito mais poderosas.

Alta performance

Por fim, não se pode falar em ERP para indústrias sem falar em performance. Logo, os módulos de acompanhamento, como relatórios financeiros, filtros, listagens e demais métricas são outras características muito importantes na hora de escolher a ferramenta que irá atender o seu negócio.

E então, gostou deste conteúdo? Quer saber mais sobre como um ERP pode contribuir para o seu negócio? Recomendamos a leitura do artigo: Sistema ERP Online 2019: muitos recursos em um só lugar.

Show Full Content
Anterior Churn Rate: o que é e como trabalhá-lo para sua empresa crescer
Próximo Novidades de Novembro do SIGE Cloud
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Novo Dashboard SIGE Cloud

4 de março de 2019
Fechar