Conteúdos práticos e úteis para simplificar a gestão empresarial.

Entenda como “cuidar do seu site” pode impactar nas suas vendas!


Preparamos um material simples, divertido e sem burocracias. Com ele, mesmo quem não tem uma equipe de especialistas em Marketing poderá cuidar da qualidade do seu site, blog ou loja virtual, tendo boa visibilidade e fechando bons negócios.

Confira nossas dicas!

Conheça bem o seu produto

Palavras são as chaves do sucesso do seu negócio

Crie um mapa de palavras-chave que estabeleçam links entre o seu produto e a sua persona.

Por certo, quando falamos em SEO, estamos nos referindo às boas práticas de otimização de conteúdo para sites e os buscadores. Afinal, quanto melhor a sua colocação na pesquisa, mais chances você tem de ser exibido para as pessoas certas. Ou seja, aquela pessoa que está pesquisando exatamente por aquilo que você está anunciando. 

Não adianta muito você ter um super conhecimento técnico. O seu público-alvo, provavelmente não o tem. Por isso, é fundamental criar um conteúdo amistoso e com linguagem clara que crie conexão entre a sua empresa, a sua marca, o que você pretende vender e os seus potenciais clientes.

Meta descrição em todas as páginas

Nem a gente achava meta descrição algo assim TÃO importante… até que, ao extrair um relatório completo dos nossos conteúdos, descobrimos que meta descrições duplicadas e páginas sem meta descrição, estavam atrapalhando MUITO o nosso ranqueamento.

Então, por experiência própria, é nosso dever alertar você de que é fundamental estar atento às tags de meta descrição em todas as páginas. Todas mesmo!

Se você tem um blog WordPress, aposte no pluggin Yoast, se você tem um loja virtual, revise suas páginas e as descrições dos seus produtos. Cada detalhe é importante!

URL amigável

Me diz uma coisa: se o endereço é difícil de chegar, se o caminho é demorado ou não parece seguro, você continua com a mesma empolgação para fazer uma visita? Claro que não!

E isso não é só com o seu carro, não é só no dia a dia do Brasil. No mundo digital, a lógica é a mesma. Se uma url é conflituosa, longa demais, cheia de caracteres especiais ou, pior, está apontando para um endereço não seguro… seu raqueamento de SEO cai. Não tem mistério, você precisa corrigir as urls e pensar em modos de funcionamento onde cada etapa do seu site seja convidativa.

Nada de: https://nomedomeusite.com.br/123456789101112-!#$%¨&*veja-mais-sobre-seo-e-venda-mais

É muito mais simples quanto o a url é assim: https://nomedomeusite.com.br/saiba-mais-sobre-seo

Utilize ferramentas de monitoramento

Utilize as ferramentas do próprio Google para lhe auxiliar nessa jornada de acompanhamento. Por exemplo, crie sua conta no Google Meu Negócio, no Google Analytics e claro, no Search Console.

Através dessas soluções, você terá uma infinidade de recursos para identificar quem acessa o seu site, qual a origem, dados demográficos, quanto tempo essa pessoa navega no seu site, como interage ou não com o seu conteúdo.

Falando assim, pode parecer uma bobagem, mas pense no seu site ou loja virtual, como uma loja física. Se você conhece o comportamento de busca dos seus clientes, monta a vitrine, baseado no que esses clientes buscam, garantindo mais eficiência no momento da venda.

Com o Search Console, por exemplo, você pode agilizar o processo de indexação de novas páginas ou conteúdos do seu site, verificar o desempenho tanto no desktop como no mobile e comparar os resultados por período.

Mas há algo super importante que precisa ser observado: nada de ficar mantendo página ruim, conteúdo desatualizado ou layout lento e ruim, só porque “já foi indexado”.

Se joga seu site para baixo? Pula fora!

Com a constante mudança nos algoritmos de buscadores, muitos “especialistas em SEO” acabaram não se atualizando nas informações. Por isso, esse alerta é tão relevante: não é preciso ter várias páginas no seu site para que o seu domínio seja relevante. Nesse sentido, também não é necessário ficar repetindo incontáveis vezes as suas palavras-chave, para tentar se posicionar bem nos rankings de pesquisa.

E então, gostou dessas dicas? Já é nosso cliente e ainda não sabe muito bem por onde começar a implementação do SEO na sua empresa? Que tal conhecer os recursos de SEO presentes na SIGE Loja?

É isso mesmo! Não só desenvolvemos uma loja virtual própria, como também incluímos uma série de recursos de marketing para impulsionar as suas vendas.

E temos um vídeo especial, explicando todos os passos para utilizar esse recurso, confira!

Show Full Content
Anterior Novidades de Maio de 2021 do SIGE Cloud
Próximo Como as lideranças influenciam no trabalho em equipe
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Gestão de estoque: por que codificar produtos é importante

10 de março de 2020
Fechar