9 de agosto de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Antes de mais nada, a gente precisa dizer que: Quem empreende sabe que muitas tarefas de gestão acabam tomando tempo e desfocando os esforços que deveriam ser empregados na atividade principal da empresa.

Nesse sentido, o conceito de BPO surge como um método de terceirização dessas atividades, permitindo que todas as atenções estejam voltadas ao que realmente importa, para a sua empresa crescer.

Essa discussão que envolve tecnologia, terceirização de atividades e redirecionamento de mão de obra, já é uma realidade para muitos negócios, nos mais diversos segmentos, sobretudo quando o assunto é BPO Financeiro.

Por isso, neste artigo, reunimos as principais informações para que você entenda com o conceito de BPO funciona, seus benefícios e como é possível aplicá-lo à realidade da sua micro ou pequena empresa.

Confira!

Afinal, o que é BPO?

Primeiramente, cabe destacar que a sigla BPO tem origem na língua inglesa, sendo Business Process Outsourcing. Logo, em português teríamos algo como Terceirização de Processos de Negócio.

Em linhas gerais, esse método propõe a terceirização de todas aquelas atividades que não dizem respeito à atividade principal da sua empresa. Por exemplo: Por que você perderia tempo com geração de boletos, conciliação bancária, cobranças, envio de contratos e outras atividade financeiras e administrativas, se a sua empresa é uma autopeças? Não faz muito sentido, não é mesmo?

Desse modo, a lógica do BPO é deixar que especialistas cuidem de atividades financeiras e administrativas, enquanto você e sua equipe podem se dedicar exclusivamente à sua autopeças.

Quais as vantagens de aplicar o BPO Financeiro?

Sem dúvida, essa é a melhor parte, entender em que medida essa estratégia beneficia o seu caixa e as dinâmicas do seu negócio.

O primeiro grande benefício é de que os gestores, especialmente nas pequenas empresas (que costumam ser pessoas que assumem múltiplas tarefas), terão maior liberdade para focar nas vendas, na produção, no atendimento. Ou seja, em conduzir o negócio de forma mais prática, sem perder tempo com burocracia.

Paralelamente, outro fator importante que agrega valor à aplicação do BPO Financeiro que a terceirização reduz custos, visto que permite uma melhor estruturação de toda a área financeira do negócio. Afinal, você empreendedor, não precisará ficar horas após o expediente revisando lançamentos financeiros, fluxo de caixa, contas a pagar.

Além disso, toda a parte contábil que não é o seu ramo, será corretamente gerida por especialistas que não só possuem formação na área, com conhecimentos específicos e contam com as ferramentas certas para realizar e automatizar cada uma dessas atividades.

Outro fator super importante é a redução de retrabalho e de custos operacionais, já que você não precisa contratar diretamente colaboradores para executar essas tarefas dentro da sua loja, empresa, indústria. Ou seja, o impacto vem também na diminuição de encargos trabalhistas. E você não precisa se preocupar com férias, falta, horários.

Além do Financeiro, o BPO pode simplificar quais tarefas?

  • Help Desk;
  • Marketing de conteúdo;
  • Tecnologia da Informação;
  • Expedição e Logística;
  • Serviços Contábeis;
  • Serviços Jurídicos;
  • Serviços de Segurança;
  • e muitas outras atividades.

É possível aplicar o BPO Financeiro na realidade das pequenas empresas?

Com uma resposta bem direta e simples: Sim! Todo mundo pode se beneficiar.

O Business Process Outsourcing leva às empresas que o aplicam em sua gestão, diferentes resultados. É claro que se você tem 3 colaboradores e você mesmo está totalmente absorvido pelas atividades administrativas, o BPO já terá resultado porque você terá menos coisas para se preocupar. Podendo trabalhar mais de perto com a sua equipe e seus clientes. Isso é fundamental para quem está iniciando e precisa estreitar laços com a sua clientela e cuidar do negócio diretamente.

No caso das grandes empresas o principal impacto é nas finanças, já que o fluxo de lançamentos, contas a pagar e receber, bem como as questões contábeis são muito maiores, exigindo mais atenção, mais tempo e mais conhecimento, o que resultaria na necessidade de contratar uma equipe inteira para isso. Coisa que com o BPO, não é necessário. Na ponta do lápis, essa diferença pode ser bastante expressiva.

Assim, a aplicação desse método torna-se uma estratégia que fortalece o crescimento das micro e pequenas empresas, além de beneficiá-las com a possibilidade de transformar grandes custos fixos, em custos que podem ser variáveis de acordo com suas demandas.

Gostou dessa dica? Quer saber mais sobre estratégias financeiras? Recomendamos a leitura do artigo: Relatórios Financeiros: como as informações certas podem transformar o seu negócio.

Show Full Content
Anterior O Google vai permitir anúncios gratuitos! Que história é essa?
Próximo Modelo de Contrato Social: faça o Download Grátis
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Livro Diário, Razão e Caixa: identificando as diferenças entre eles

30 de abril de 2018
Fechar