22 de abril de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Você sabe quais são os principais princípios que sua empresa leva em consideração no processo de formação de preço de seus produtos? Como você analisa a margem de lucro de vendas em variados produtos e serviços do seu negócio?

No post de hoje, vamos mostrar como o lucro de vendas interfere na empresa, além da importância da formação do preço de venda e da análise de lucratividade de diferentes produtos e serviços.

Formação do preço de venda

A formação de preço de um produto não é tão simples quanto muitos acham. Não se trata apenas de acumular custos e acrescentar a margem de lucro. É um processo mais abrangente e complexo.

Por isso, é preciso tratá-lo da forma devida para que a empresa consiga obter resultados satisfatórios no curto, médio e longo prazo.

Afinal, o objetivo do processo de formação do preço de venda não é que a empresa se torne uma repassadora de custos. N processo, o empreendedor poderá constatar, por exemplo, que não possui competitividade para ter determinado produto ou serviço em seu portfólio.

Uma precificação incorreta pode acarretar em muitos danos para a empresa.

Mas não se desespere! A seguir, vamos trazer um roteiro básico com pontos que precisam ser contemplados no processo de formação do preço de venda.

Vamos lá!

  1. Levante o custo do que se pretende precificar
  2. Calcule os encargos sobre o preço de venda
  3. Determine a margem de lucro
  4. Forme o preço

Para te auxiliar, você pode baixar a planilha de formação de preço de venda.

Ademais, lembre-se de considerar informações como o prazo de pagamento concedido para clientes e fornecedores, datas de recolhimento de impostos e emprego de margens de lucro para os produtos e/ou serviços oferecidos pela empresa.

Para mais informações sobre como calcular o preço dos seus produtos, leia este post.

Por que é importante computar corretamente todos os custos da empresa?

Um erro comum que empreendedores costumam cometer é contemplar o valor do pró-labore ao invés do real valor que eles deveriam receber.

Se o empreendedor precisar colocar alguém para substituí-lo, esse colaborador terá que receber um salário compatível com o mercado. Também, por isso, é muito importante contemplar qual é o valor real do trabalho dos donos da empresa, que, na maioria das vezes, é maior do que o pró-labore recebido.

Como o lucro de vendas interfere na empresa

Análise de lucratividade de diferentes produtos e serviços

É muito comum encontrarmos um mesmo produto sendo vendido por preços distintos em diferentes estabelecimentos. Podemos dizer que o comerciante que está vendendo o produto mais caro está atingindo um lucro de vendas maior?

Certamente não, pois os custos mudam de uma empresa para outra.

Imagine, por exemplo, uma situação em que uma fábrica de pequeno porte está tendo problemas financeiros e não está conseguindo renovar os seus equipamentos de produção. Assim, eles estão trabalhando além da vida útil recomendada, o que acarreta em custos mais altos de manutenção e perdas de produção.

No entanto, os seus concorrentes continuam operando com equipamentos novos. Dessa forma, os custos da fábrica são mais elevados do que os de seus concorrentes e, logo, o lucro é menor.

Essa situação mostra que a fábrica perdeu vantagem competitiva.

Todos esses custos devem ser considerados no processo de formação de preço.

Ademais, ao avaliar a lucratividade por produto em uma empresa, é possível constatar que um determinado item apresenta uma margem de lucro inferior a outro, ainda que venda mais, ou que alguns produtos são vendidos com prejuízo ou, ainda, que alguns itens são comercializados ao mesmo preço de custo.

O que devo acompanhar: margem de lucro ou retorno sobre o investimento?

Não adianta um negócio ter uma margem de lucro de 30% e não apresentar retorno sobre o investimento feito ou sobre o valor da empresa.

Lembre-se que não faz sentido utilizar um percentual de margem que é usado de forma corriqueira no seu setor e apresentar um resultado ruim sobre o retorno do investimento.

Neste post, você viu como o lucro de vendas é extremamente importante para a vida útil de uma empresa. Agora conte para gente: ficou com alguma dúvida? Interaja por meio dos comentários!

Show Full Content
Anterior Lucro por Venda: planilha de cálculo para download
Próximo Entenda qual a diferença entre DANFE e XML de uma NF-e

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Lucro por Venda: planilha de cálculo para download

8 de setembro de 2016
Fechar