20 de outubro de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Sem tempo para ler? Que tal ouvir esse artigo? Clique no play e aproveite!

É importante que toda empresa submeta seus processos a uma avaliação periódica para analisar a conformidade entre o que é planejado e o que é efetivamente executado. Por isso, a auditoria pode ser considerada como um auxílio em direção à melhoria dos processos das organizações, tendo em vista que as avaliações e sugestões resultantes do diagnóstico são fundamentadas nas boas práticas do mercado.

A contratação de uma auditoria é, talvez, um dos grandes passos que uma empresa pode dar em direção à otimização de sua governança corporativa. Por outro lado, ela também pode ser um desafio para a alta gerência e todos os demais colaboradores, uma vez que avalia as atividades e pode trazer mudanças na forma como os processos são executados.

Nosso post de hoje esclarece o que é uma auditoria, como ela pode ser feita e quais benefícios ela pode trazer para a organização. Então acompanhe já:

O que é uma auditoria?

A auditoria é um processo de exame sistemático e cuidadoso relativo às atividades desenvolvidas na empresa, a fim de verificar se elas estão sendo executadas de acordo com o que foi estabelecido previamente, se foram implementadas de forma eficaz e se estão em conformidade com o cumprimento dos objetivos.

Como ela é feita?

A auditoria pode ser classificada como interna ou externa. Na auditoria interna se designa um funcionário da própria empresa para acrescentar valor e melhorar seus processos. Esse colaborador avalia os procedimentos a fim de minimizar erros e detectar possíveis fraudes ou processos ineficazes. Esse procedimento também pode ser considerado como uma verificação e respectiva validação de processos, para a devida correção de desvios.

Já na auditoria externa, um auditor independente é contratado, sem vínculo empregatício, para analisar os processos da empresa e emitir uma opinião sobre o que foi avaliado. Esse profissional normalmente trabalha em conjunto com o auditor interno para testar a eficiência dos processos implementados. Suas conclusões são reportadas diretamente à diretoria.

Por que se deve fazê-la?

Em alguns casos, algumas empresas são obrigadas por lei a passar por auditorias semestrais ou anuais por um auditor independente, mas há, sim, outros motivos para se fazer uma auditoria. Alguns deles são:

  • Procedimento: para definir quais riscos podem interferir na governança, busca-se aprofundar os conhecimentos sobre os processos e os controles;
  • Prevenção: com a intenção de evitar erros e possíveis fraudes, procura-se saber se os controles que a empresa utiliza são suficientes e se as atividades realizadas na prática são condizentes com o que foi planejado;
  • Credibilidade: a fim de comprovar se os números registrados na contabilidade são condizentes com a realidade da empresa, avalia-se os registros e as movimentações.

Quais são os benefícios?

Dentre os benefícios que uma auditoria pode proporcionar às empresas, podemos citar:

  • Melhoria nas práticas de governança corporativa e aumento de transparência e confiança perante os parceiros;
  • Tomada de decisão baseada em dados e processos validados por meio de melhores práticas por terceiros;
  • Identificação de oportunidades de melhoria nos processos, procedimentos, controles internos e sistemas;
  • Reconhecimento de possíveis riscos para a empresa.

Coletando os dados para a auditoria

De uma forma geral, já comentamos que uma auditoria permite que o gestor entenda e otimize sua administração, utilizando as melhores práticas já aplicadas no seu ramo de atividade.

Mas para isso, ele deve ter dados reais e confiáveis sobre o negócio para auditar e conhecer a realidade da empresa. Este dados estarão disponíveis com praticidade e segurança em um ERP online como o SIGE Cloud.

Ele utiliza a mesma tecnologia de criptografia utilizada por bancos online, garantindo que as transações realizadas dentro do sistema ocorram com total segurança. Assim, o gestor e o auditor podem analisar informações totalmente confiáveis sobre o negócio.

Além disso, você terá uma série de relatórios sobre o negócio, podendo inclusive criar e personalizar novos relatórios. Assim você pode analisar as informações da melhor maneira, conforme a auditoria que está sendo realizada.

Confira também o artigo “Relatórios: por que são importantes para a tomada de decisãoclicando aqui.

Agora nos conte: sua empresa já passou por alguma auditoria? Como foi o processo e o que tirou de bom? Compartilhe suas experiências conosco!

Show Full Content
Anterior Quais são os benefícios em ter um ERP na sua empresa?
Próximo Entenda qual a diferença entre boleto com e sem registro

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

RedeSimples traz mais facilidade na abertura de empresas

14 de dezembro de 2015
Fechar