24 de março de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Quanto maior for a gestão financeira da sua empresa, mais a fundo se conhecerá a real situação do negócio, certo? E isso leva a boas decisões no que diz respeito a investimento de recursos e ao que pode efetivamente melhorar a organização. Mas existem vários fatores, tanto internos como externos, que impactam em qualquer que seja o negócio, merecendo toda a atenção do empreendedor. Ficou curioso para saber que fatores são esses? Então confira agora mesmo as áreas que você deve acompanhar para cumprir uma excelente gestão financeira de sua empresa:

Fluxo de caixa

Essa é uma ferramenta de altíssima importância para todo e qualquer negócio. Assim, o gestor precisa ter conhecimento de quanto entra e de quanto sai de capital do seu negócio, controlando as receitas e as despesas em determinados períodos. Nesse cenário, é absolutamente essencial fazer os lançamentos corretos tanto dos valores em si como das datas em que as movimentações financeiras aconteceram, a fim de que se entenda a fundo a gestão financeira da empresa para que não ocorram atrasos nas obrigações e seja possível distinguir o capital necessário para que a operacionalidade prossiga em alta.

Despesas fixas e variáveis

Pode ser interessante manter os olhos bastante atentos à gestão de custos. Qualquer gestor tem, como uma de suas metas, a diminuição dos custos do negócio, não é mesmo? Por isso, é mais que apropriado que ele saiba muito bem quais são os gastos fixos da empresa — caso do aluguel, dos salários e das contas de serviços, como luz, água, telefone e internet, por exemplo —, para entender o quanto gasta para que sua empresa funcione. Mas o gestor ainda não pode deixar as despesas variáveis descontroladas, tentando ver onde é possível cortar o que não é estritamente necessário ou importante.

Estoque

Se sua empresa lida com o comércio de produtos, o monitoramento adequado de seu inventário evita o acúmulo desnecessário ou até mesmo a falta de itens em momentos cruciais para as vendas. Além disso, o gestor pode ficar muito mais seguro quanto a eventuais desvios e furtos, sabendo com precisão a quantidade e a qualidade dos artigos em estoque. E ainda que a atividade seja focada nos serviços, pode existir um estoque de materiais de escritório a ser acompanhado, por exemplo, evitando custos excessivos ou supérfluos.

>> Baixe nosso planilha de controle de estoque clicando aqui <<

Exigências legais e fiscais

Cada negócio tem um determinado enquadramento empresarial e tributário que demanda o cumprimento de certas exigências contidas na legislação pertinente, que podem ir desde o preenchimento de certos livros até os percentuais a serem reservados para a contribuição no pagamento de alguns tributos. É importante que o gestor tenha todo o cuidado possível com relação a questões e pendências que seu modelo empresarial impõe à sua gestão financeira, a fim de não sofrer com problemas legais e eventuais multas no futuro.

Fatores externos

O mercado traz inúmeras ocorrências externas que podem impactar nos negócios. Por isso, o gestor deve avaliar o cenário atual, criar estratégias para superar quaisquer dificuldades com os aspectos fortes de seu time e projetar boas ações de mercado nos cenários futuros. É preciso, assim, manter-se atualizado sobre assuntos diversos, que vão desde inflação, passando por taxa de câmbio e juros, incluindo as projeções de desemprego no período e chegando até o volume de consumo previsto para o mercado.

E você, tem acompanhado todos esses fatores em seu negócio? No que acha que ainda precisa melhorar? Comente aqui e divida suas impressões e experiências conosco!

Show Full Content
Anterior NFC-e: adesão do programa nos Estados Brasileiros
Próximo E-book: implemente a NFC-e em apenas 3 etapas

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Orçamento Empresarial: modelo de planilha para download

16 de dezembro de 2015
Fechar