21 de maio de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Uma empresa só consegue dar lucro ao vender. E, para vender, ela precisa de bons vendedores. Um bom vendedor é incansável. Sua principal característica é considerar cada frustração como uma chance de adquirir conhecimento sobre algo novo, que pode ser um argumento diferente de venda, uma nova forma de lidar com uma situação ou uma abordagem inédita.

Todo mundo quer e precisa vender mais, não é mesmo?

Por isso, reunimos neste post algumas dicas para você colocar em prática e listamos alguns erros que um bom vendedor jamais deve cometer. Confira:

1. Faça as perguntas certas

Na hora de vender, é importante saber fazer as perguntas certas para que os consumidores possam compartilhar suas opiniões e pensamentos de forma natural.

É considerado um bom vendedor aquele que consegue fazer perguntas certeiras e ouvir o potencial cliente com atenção.

Os questionamentos são necessários porque é fundamental obter feedbacks e informações sobre o possível consumidor, como quais são as suas expectativas, necessidades e preferências.

Perguntar também é uma forma de expressar interesse por ele. É sabido que uma das maneiras de fazer as pessoas falarem sobre si é por meio da demonstração de interesse por elas e suas opiniões.

Além disso, boas perguntas podem dar ritmo a sua apresentação, conduzir o prospect na direção que você deseja e demonstrar o seu conhecimento.

2. Identifique semelhanças

Ao identificar pontos em comum entre você e o seu cliente, você consegue se aproximar dele automaticamente. Por exemplo, pode ser que os seus filhos e os deles estudem na mesma escola ou que as empresas em que vocês trabalham estejam passando por desafios semelhantes.

As pessoas gostam de comprar de vendedores com os quais se sentem confortáveis e identificar semelhanças é uma boa forma de fazer com que elas se sintam à vontade.

3. Chame o seu cliente pelo nome

Certo, essa dica parece óbvia, mas muitos vendedores erram ou esquecem o nome de potenciais clientes. Por isso, é importante reforçar: grave o nome do cliente logo que ele diga.

Caso você tenha dificuldade em fazê-lo, associe o seu nome a um familiar ou alguém famoso que você conheça.

4. Foque na satisfação do cliente

Lembre-se de que o mais importante é atender as necessidades dos seus clientes e deixá-los satisfeitos.

Alguns vendedores ficam tão entusiasmados com a possibilidade de fechar uma venda que acabam se perdendo e não atendendo o prospect com a atenção necessária para satisfazê-lo e torná-lo um cliente fiel.

É vital ter senioridade para saber a hora de ouvir e de calar e não deixar que a euforia de fechar uma boa venda passe por cima do bom atendimento.

O que um bom vendedor nunca deve fazer?

Ninguém nasce sabendo como vender. Um bom vendedor está sempre disposto a aprender e a melhorar suas técnicas de vendas.

Não aceitar o “não” como parte da venda

Um dos maiores erros que vendedores cometem é ficar em cima do cliente, mesmo após ele dizer que não vai fechar a venda. Esses profissionais acham que vão vender pela teimosia e/ou que podem convencer qualquer um a mudar de ideia.

Essa é uma postura inadequada e faz com que esse profissional seja visto como um vendedor inconveniente.

Ser refém da tecnologia

Outro erro muito comum é virar refém da tecnologia para fazer uma apresentação sobre o seu produto ou serviço. Um bom vendedor é capaz de apresentar a sua ideia sem nenhum material de apoio. Se você ainda não chegou a esse ponto, não se preocupe! Você tem todas as condições para chegar até lá. Basta praticar e ter em mente que durante a sua apresentação, a atenção do prospect deve estar em você.

A seguir, listamos mais erros que um bom vendedor não deve cometer:

  • Atender o celular no mesmo momento em que estiver conversando com um cliente;
  • Discutir religião e política com clientes;
  • Agir com desinteresse e convencimento;
  • Dar conselhos não solicitados;
  • Falar mais do que ouve;
  • Atrasar-se;
  • Falar mal dos seus concorrentes.

Materiais que todo bom vendedor deve ter

A apresentação pessoal, a postura e a arte de persuadir são vitais para vender mais. Mas esses fatores não são suficientes para fechar bons negócios.

Um bom vendedor precisa de outros itens, como cartões de visitas, folders institucionais, um sistema de gestão e catálogos de produtos e serviços.

Concluindo, para realizar uma boa venda, um bom vendedor deve acreditar no que faz e em seu potencial!

E você: o que acredita que um profissional precise para ser um bom vendedor? Divida suas impressões conosco por meio dos comentários!

Show Full Content
Anterior Modelo de DANFE em Excel: simule a impressão de sua NF-e
Próximo Como um sistema de vendas auxilia sua equipe comercial

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Novidades da versão 2.0.51 do SIGE Cloud

30 de novembro de 2018
Fechar