2 de junho de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

O ambiente empresarial tem se tornado cada vez mais complexo, certo? E essa evolução natural consequentemente dificulta o gerenciamento dos processos operacionais quando não se conta com a ajuda de uma ferramenta automatizada confiável. E é nesse cenário que um ERP ganha espaço juntamente às PMEs.

Entretanto, não basta apenas ter a consciência de que é preciso automatizar seus procedimentos de gestão. É preciso saber como escolher um bom Enterprise Resource Planning! Na escolha dessa solução em TI, é necessário compreender o que é um ERP, como explicamos neste artigo, e alguns requisitos básicos e essenciais que ele deve ter.

Dessa maneira, a decisão deve levar em consideração o perfil da empresa, seus objetivos estratégicos, seu plano de expansão no longo prazo e relação entre custo e benefício. Pronto então para detalhar um pouco mais essas variáveis que certamente o ajudarão a optar por um eficiente ERP para sua pequena ou média empresa? Confira:

Como escolher um ERP eficiente?

Se você ainda não tem segurança na avaliação dessa ferramenta de integração, tampouco sabe como escolher o ERP ideal para sua empresa, alguns itens não podem ser esquecidos na comparação entre os diversos fornecedores, como:

Compatibilidade

O sistema será adquirido para dar mobilidade à gestão, certo? Assim, é condição imprescindível que haja compatibilidade dos recursos oferecidos com tablets, smartphones e demais dispositivos móveis, além, claro, de desktops. É preciso ter a mais absoluta certeza de que o sistema dialogará bem com os principais sistemas operacionais do mercado.

Custo total

O grande desafio da aquisição de softwares e soluções em TI é que nem todos os custos podem ser estimados antes de sua contratação. Todavia, para tentar se cercar com o máximo de previsibilidade possível, faça um estudo rigoroso no processo de comparação entre as soluções ERP do mercado, levando em consideração a assinatura — visto que, na maioria dos casos, trata-se de um SaaS —, custos de treinamento, eventuais reduções de produtividade durante o processo de implementação e assim por diante. O ideal é optar por uma solução que não ofereça custos de implementação.

Suporte e manutenção

Nem pense em adquirir uma solução em gestão empresarial automatizada que não ofereça suporte e treinamento gratuitos. Nesse caso, as soluções on-line são as melhores alternativas, já que facilitam — e muito! — o processo de pedido de qualquer tipo de manutenção e de atualizações periódicas.

Know-how do fornecedor

Uma vez que o objetivo é integrar todas as informações da empresa entre seus departamentos, entregar seus dados mais confidenciais a um aventureiro pode significar a assinatura de um atestado de óbito da organização, não concorda? Assim, opte apenas por empresas renomadas no mercado, com experiência no atendimento de corporações igualmente sérias. Para escolher o ERP ideal não se pode abrir mão de pesquisar a experiência do parceiro a ser contratado!

Funcionalidade

O sistema deve cumprir seu objetivo máximo: melhorar processos e controles da companhia, homogeneizando o fluxo de informações e garantindo maior segurança no trato de seus dados. Assim, certifique-se que o ERP a ser contratado conta com funcionalidades nas áreas de gestão financeira, de compras, fiscal, serviços, CRM, PDV com cupom fiscal eletrônico, vendas, estoque e muito mais!

O que observar antes de optar por um fornecedor de ERP

Trace uma visão clara dos objetivos estratégicos a serem alcançados pela empresa nos próximos anos. Essa consciência ajudará a definir o que o negócio realmente precisa em um ERP. Além disso, procure estimular que os futuros usuários façam parte do processo de implementação e de testes desde o início, a fim de que possam sentir o sistema, apontar falhas e quaisquer necessidades de personalização.

Verifique também a usabilidade do sistema por meio de cases de outros clientes! Conhecer o que a empresa já fez em outras corporações ajuda a colher informações sobre o nível de satisfação dos seus gestores. Além de tudo isso, prefira sistemas oferecidos no modelo de Software como Serviço (SaaS), uma vez que, neste modelo, o usuário paga apenas uma assinatura, sem necessidade de comprar a solução.

Um sistema como esse permite que a organização tenha acesso a dados imprescindíveis para seu pleno funcionamento de forma rápida, uniforme e homogênea, facilitando a tomada de decisões estratégicas de modo a se antecipar à concorrência. E em um cenário em que o tempo de resposta é fundamental para sucesso das empresas, automatizar os processos de gestão é simplesmente vital!

Viu como é possível escolher um bom ERP para sua empresa com um baixo custo? Então comente aqui e nos conte se ainda ficou alguma dúvida! 

 

Show Full Content
Anterior 3 dicas para facilitar a contabilidade e deixá-la menos chata
Próximo Gastos com Viagens: modelo de planilha para download

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Organização Financeira: dicas para manter os dados sob controle

3 de julho de 2015
Fechar