28 de outubro de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Assumir um cargo de chefia é uma grande responsabilidade, independente do tamanho da equipe a ser coordenada. Para que está tendo sua primeira experiência como chefe, os desafios são ainda maiores.

Uma pesquisa da Harvard Business Review aponta que 70% dos novos chefes correm o risco de acabar com a sua própria carreira como executivo logo nos primeiros meses. Este dado não é novidade para ninguém, pois esta primeira experiência é determinante para o futuro dos chefes e líderes.

Por isso, preparamos um artigo com dicas especiais para que vai ser chefe pela primeira vez. Você vai entender qual o comportamento que seus subordinados estão esperando de você e como evitar que as expectativas fragilizem seu controle.

Como ser um bom chefe

Por definição, o chefe é aquela a pessoa que gerencia um setor ou equipe, ocupando um cargo superior dentro da hierarquia da empresa. Ele possui diferentes funções e deveres dentro da empresa, que inclui o comando dos subordinados, delegação de tarefas e acompanhamento de resultados.

Mais do que isso, um bom chefe também precisa motivar sua equipe, trabalhar junto com o grupo e valorizar as habilidades de cada um. Ele conhece as limitações de cada funcionário e procura formas de superar cada uma delas, buscando resultados que sejam bons para todos, sem prejudicar o ambiente de trabalho.

Veja mais dicas no nosso artigo “Estou agindo como um líder ou sendo apenas um chefe?clicando aqui.

Sucesso na primeira experiência

Assumir um cargo de liderança pela primeira vez é um grande desafio. Para obter sucesso neste processo e aproveitar o melhor da sua equipe, preparamos algumas dicas para que você possa estabelecer uma comunicação aberta com cada um e atingir o sucesso:

  • Colabore com a equipe: muitas vezes que vira líder de uma equipe tem novas obrigações e não consegue fazer todas as tarefas que fazia antes. Por isso, converse com seus funcionários, demonstre a situação e veja para quem você pode delegar algumas atividades. Expondo o cenário fica mais simples encontrar soluções juntos.
  • Faça perguntas: entenda que a empresa não gira apenas ao seu redor e que um bom rendimento depende de toda a equipe. Por isso, sempre que precisar encontrar a solução para uma questão, faça perguntas aos seus funcionários e escute as respostas com atenção. Sempre é possível aprender, além deste tipo de comportamento o engajamento da equipe.
  • Cuidado com o impacto da sua comunicação: quando você é promovido e passa a comandar uma equipe, suas palavras e ações passam a ter um impacto diferente na equipe. Portanto, tome cuidado ao realizar comentários que podem trazer insegurança para a equipe. Pelo contrário, assuma uma postura de humildade e colaboração, colocando-se no lugar no outro.
  • Gerencie expectativas: ao virar chefe, você terá que gerenciar as suas expectativas, de seus superiores e de seus subordinados. A melhor forma de fazer isso é deixando bem claro, para todos, qual é o seu papel: seus deveres, direitos, limitações e o que espera de cada um. A comunicação é a chave para atingir o sucesso.
  • Não tente ser um herói: você não é um super-herói que pode resolver todos os problemas sozinho. Tentar fazer isso traz ansiedade e insegurança, o que pode prejudicar seu rendimento. Sempre que preciso, busque conselhos com a sua equipe, assumindo seus erros e pedindo desculpas.

Comportamentos do chefe que prejudicam a equipe

Não são raras às vezes em que os chefes perdem o domínio sobre seus funcionários, prejudicando a produtividade da empresa e criando um ambiente desagradável. Confira algumas dicas do que você não deve fazer e como evitar ser um líder tóxico para a equipe:

  • Ignorar a equipe: sempre considere todas as idéias da sua equipe, escutando e discutindo as propostas de seus funcionários. Analise qual idéia pode ser colocada em pratica e como ela pode melhorar o rendimento, antes de simplesmente ignorar as sugestões dos subordinados.
  • Transferir a culpa: entenda que um problema é culpa de todos, inclusive sua. Portanto, não fique tentando encontrar culpados e transferindo a responsabilidade para a equipe. Assuma sua parcela de culpa nos problemas e conte com a ajuda de todos para encontrar soluções.
  • Deixar a equipe de lado: confie na sua equipe e deixe autonomia para cada funcionário exercer suas tarefas da melhor forma. O seu papel é dar suporte para que toda a equipe saiba seus papel e como um influencia no trabalho do outro, ajudando todos a atingir os objetivos.
  • Foco apenas no negativo: entenda que cada funcionário tem seus pontos positivos e eles devem ser aproveitados no trabalho da equipe. Por isso, quando for oferecer algum feedback, não aponte apenas os defeitos. Também faça elogios, mostre a importância daquele funcionário no contexto geral e, quando necessário, faça críticas construtivas.

Concluindo

Chefiar uma equipe é um grande desafio, que requer dedicação e esforço. Para atingir o sucesso, tenha sempre em mente que a comunicação é o melhor caminho. Conversar com sua equipe e conhecer as opiniões de cada um auxilia muito no sucesso de todos.

Como foi a sua primeira experiência como chefe? Compartilhe conosco através dos comentários!

Show Full Content
Anterior Cálculo do IRPF e INSS: planilha Excel para download
Próximo Treinamentos: como melhorar os rendimentos e preparar a equipe

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Treinamentos: como melhorar os rendimentos e preparar a equipe

22 de março de 2017
Fechar