19 de agosto de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

As mudanças que vimos recentemente no mercado econômico, também podem ser percebidas dentro das empresas, mas especificamente no perfil, comportamento e salário dos funcionários. Por isso, além de ficar atento aos fatores externos do negócio, o gestor também deve analisar sua política de Recursos Humanos.

Dentro dessa política, uma dos processos mais importantes esta ligado ao salário dos funcionários. Por isso, organizamos um artigo especial para lhe ajudar a identificar quando conceder aumentos de salário e como não prejudicar seu fluxo de caixa com isso.

Crie um plano de cargos e salários

O primeiro passo é estabelecer um plano de cargos e salários, que será claramente exposto e entendido por todos os funcionários. Este é um bom embasamento para justificar o aumento de salário de um determinado funcionário, além de permitir organizar com antecedência este aumento, já lançando as informações no seu caixa.

Lembre-se que estes planos são diferentes entre si. O plano de cargos é uma ascensão vertical, que permitirá ao funcionário a conquista de um novo cargo. Já o plano de salários refere-se a uma ascensão horizontal, que não modifica a função do colaborador, e está ligado ao tempo de experiência, produtividade, entre outros.

Avalie situações específicas

Já comentamos que um plano de salários interno é importante, mas a empresa não deve ficar presa a este modelo. Tenha flexibilidade quando houver alguma situação específica, principalmente as que envolvem a retenção de talentos.

Avalie o mercado de trabalho e salário padrão

Sempre que for atender uma demanda de aumento salarial, pesquise o mercado de trabalho externo. Busque equilibrar as necessidades do funcionário com a realidade da empresa, estipulando faixas salariais de acordo com o que mercado de trabalho tem apresentado. Procure trabalhar com uma remuneração competitiva que não crie um desequilíbrio financeiro no seu caixa.

Aumento da carga e das responsabilidades

Sempre que for necessário delegar novas funções ou responsabilidades para um profissional, ou para o setor inteiro, lembre-se que você de fornecer um aumento salarial equivalente. Quando isto não ocorre, as queixas dos funcionários começam a aparecer, e sua insatisfação também.

Critérios excepcionais para talentos especiais

É preciso lembrar que para todas as regras, existem exceções. Sabemos que existem casos em que o profissional possui muitos talentos, fugindo a qualquer regra. Nestes casos, o envolvimento do funcionário deve ser grande, onde você poderá aproveitar suas habilidades e transferir grandes responsabilidades para eles, oferecendo em troca, um salário satisfatório.

Sua empresa está enfrentando problemas com os salários? Acha que nossas dicas vão lhe ajudar a organizar este assunto ou ainda ficou com alguma dúvida? Lembre-se que você sempre poderá nos consultar através dos comentários!

Show Full Content
Anterior Como a organização do seu estoque reflete nas suas vendas
Próximo Valor do Almoxarifado: modelo de planilha para cálculo

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Instagram: Como anunciar sua empresa nesta Rede Social

20 de agosto de 2018
Fechar