26 de outubro de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

As diversas denominações encontradas para os diversos tipos de juros muitas vezes faz com que o empreendedor tenha dúvidas no seu controle financeiro.

Para auxiliar no esclarecimento destas dúvidas, preparamos este artigo, onde você pode acompanhar a definição dos principais tipos de juros utilizados no mercado financeiro brasileiro para que isto não seja mais um problema na gestão da sua empresa.

O que são juros?

É chamado de juro o rendimento extra que se obtém a partir do empréstimo de dinheiro por um período determinado a outra pessoa. Os juros são recebidos pelo credor (a pessoa que emprestou o dinheiro) para compensar o período em que ele ficará sem o dinheiro para seu próprio uso, pois o mesmo esta emprestado.

O juro também está do outro lado deste empréstimo. Quem fez o empréstimo do dinheiro, ou realizou uma compra a prazo, deverá pagar um valor de acréscimo pela utilização do valor emprestado. Este acréscimo também recebe o nome de juro.

A determinação do juro é feita pelo credor, que irá determinar as taxas, normalmente em percentual. Veja abaixo alguns tipos disponíveis no mercado financeiro nacional.

Tipos de juros

Juros simples

O regime de juros simples ocorre quando o percentual adicional irá incidir apenas sobre o valor principal. O valor principal refere-se ao valor inicial emprestado, antes de somarmos outros juros. Ou seja, o juro é considerado simples quando o a taxa é definida com base no valor inicial do empréstimo.

Juros compostos

Por outro lado, o juro composto ocorre quando a definição do percentual da taxa está baseada no período de empréstimo. Ou seja, o novo valor da taxa será somado ao valor inicial do empréstimo, para que seja realizado um novo cálculo no período seguinte. Esta modalidade também é conhecida pela expressão “juros sobre juros”.

Juros compensatórios

Também conhecido como juros remuneratório, as duas expressões significam os juros que são cobrados pela utilização do valor emprestado. Ou seja, os juros compensatórios são o valor adicional recebido pelo credor, resultado da utilização desse dinheiro.

Juros Moratórios

São chamados de juros moratórios os adicionais recebidos pelo atraso no pagamento do empréstimo. Também conhecidos somente como Mora, estes juros são tratados como uma espécie de indenização ao credor, pelo descumprimento pontual da obrigação de quem realizou o empréstimo.

Como você pode acompanhar neste artigo, os juros possuem formas diferentes para cálculo, conforme o valor (juros simples ou composto) ou de acordo com o pagamento (juros compensatórios ou moratórios).

Sua empresa faz vendas a prazo com cobrança de juros? Consegue realizar o controle destes valores facilmente? Compartilhe suas experiências conosco através dos comentários.

Show Full Content
Anterior Conheça formas de aumentar a produtividade da empresa
Próximo Custos com Funcionários: modelo de planilha para cálculo

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

FCI em Excel: modelo da ficha de importação para download

6 de julho de 2017
Fechar