31 de maio de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Não deixe sua história de amor atrapalhar sua vida profissional.

É natural que muita gente encontre a cara metade em uma situação de trabalho. Passamos muito tempo da nossa vida adulta nos relacionando com chefes, sócios, clientes, fornecedores, investidores, consultores e colegas da empresa e muitos casais acabam se formando nessas situações. Em uma data tão romântica como o dia dos namorados, é válida a reflexão: até que ponto dá para viver um romance no ambiente de trabalho sem prejudicar o desempenho? Com um pouco de bom senso é possível viver uma bela e sólida história de amor sem prejudicar os planos de carreira.

Discrição é tudo

É bom conhecer as regras da empresa, algumas são claras a respeito de relacionamento no ambiente de trabalho. Mesmo que o romance seja liberado, é importante tomar cuidado para que ele não seja o foco das conversas. O ambiente de trabalho é competitivo e por mais que você confie nos seus colegas, é bom não dar motivos para a geração de fofocas, pois isso pode prejudicá-lo de alguma maneira no presente ou no futuro.

Discussão no trabalho jamais

Em hipótese alguma resolva seus problemas de relacionamento no ambiente de trabalho. Não discutam pessoalmente e nem por telefone. Quando pisarem na empresa, deixem as brigas do lado de fora e comportem-se como dois profissionais, evitando comentários maldosos sobre os colegas de trabalho.

Namorados e colegas de trabalho

É difícil essa separação, mas no ambiente de trabalho, o seu namorado ou a sua namorada é um (a) colega de trabalho como qualquer outro (a), por isso é importante tratá-lo (a) como os demais, evitando demonstrações exageradas de afeto.

Cuidado com as indicações

Jogue limpo em uma entrevista de emprego se você está se candidatando a uma vaga por indicação do seu parceiro (a). Hoje em dia, com as redes sociais, é um tanto difícil esconder das pessoas com as quais você trabalha o que acontece na sua vida pessoal, com quem você passa seus fins de semana, com quem faz uma viagem especial. Se a empresa em questão declaradamente proíbe relacionamento entre colegas de trabalho, melhor nem disputar a vaga. Se há sinal verde para o romance, convém se esforçar para mostrar todo o preparo e profissionalismo que você tem para assumir aquele cargo.

Observe a sua performance

Uma história de amor não é motivo, de forma nenhuma, para queda no rendimento profissional. Preste atenção se o seu desempenho está satisfatório, se os prazos estão sendo cumpridos, os resultados são os esperados, etc. O mercado não costuma perdoar deslizes por falta de controle emocional.

Hierarquia

Se um é chefe do outro, a situação é ainda mais delicada. É importante não mostrar qualquer tipo de favoritismo e tratar o amado (a) com o mesmo rigor e profissionalismo com que trata qualquer outro subordinado.

Viu só? Amar é bom demais e não precisa ser um bicho de sete cabeças se o seu amado (a) divide com você o mesmo ambiente de trabalho. É só tomar um pouco de cuidado e tudo está resolvido.

Show Full Content
Anterior 8 dicas para controlar o abastecimento de veículos com eficiência
Próximo Aprenda a melhorar o processo de compras da sua empresa

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Simulação de Investimentos: modelo de planilha Excel

9 de dezembro de 2015
Fechar