19 de agosto de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Os feriados prolongados normalmente trazem alegria para a maioria da população, que busca aproveitar a folga para relaxar e aproveitar. Porém, existe o outro lado da moeda, que não fica tão feliz assim.

Muitos empresários estão preocupados com o impacto que essas datas representam na economia. Muitas empresas, principalmente varejos, terão impactos negativos com tantos dias de folga este ano. Já outros setores, poderão aumentar seus lucros nos feriados prolongados.

Preparamos este artigo para que você entenda a situação que os feriados prolongados representam para a economia brasileira. Confira também algumas dicas para evitar os impactos negativos no seu negócio.

Impactos dos feriados prolongados em 2017

O ano de 2017 contará ao todo com 10 feriados prolongados, contando com o ponto facultativo do Carnaval. O primeiro feriado prolongado obrigatório do ano será nesta sexta-feira, Paixão de Cristo que é considerado feriado nacional.

Segundo pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio -SP), a estimativa de perda é de R$ 10,5 bilhões este ano, aumento de 2% na comparação com 2016.

Detalhando melhor as estimativas da Fecomercio-SP, o segmento mais impactado é o de vestuário, tecido e calçados, onde a perda estimada é de R$ 1,1 bilhão em 2017. Esse número representa um aumento de 23% na comparação com o ano passado.

O setor de bem essenciais, como supermercados, poderá ter prejuízos de até R$ 3 bilhões, aumento de 2% na comparação com 2016. O segmento de farmácias e perfumarias também deve ter queda de faturamento estimada em R$ 1,6 bilhão, alta de 7% em relação ao ano passado.

Em contra partida aos números negativos, espera-se um aumento de aproximadamente 15% no faturamento de alguns setores com os feriados prolongados. São eles: agências de viagens e turismo; hotelaria e SPA’s; locação, mecânica e combustível de automóveis; bares, restaurantes e casas de shows.

Estratégias para evitar números negativos

As estimativas negativas trazem um alerta para muitos gestores, que precisam encontrar maneiras de driblar os números negativos. Comece pelo primeiro básico em qualquer situação: planejamento.

Planejar um calendário de propostas conforme os feriados nacionais traz muitas vantagens, principalmente para que você possa definir um plano de ação que seja proveitoso. Nestes momentos, ter uma boa gestão estratégica pode trazer os resultados incríveis para qualquer setor da economia.

Dentro deste planejamento você deve acompanhar um ponto muito importante: o estoque. Por exemplo, você pode diminuir a quantidade de produtos com pouco giro de estoque, o que vai impactar nas suas despesas.

Outra dica compartilhada por muitos economistas é que a empresa não deve trabalhar durante os feriados. Ao analisar uma possível abertura nestes dias, devem ser analisados os impactos financeiros que isso terá. Para isso, deve-ser levar em conta os direitos trabalhistas e o perfil do público.

Confira algumas dicas adicionais no artigo “Dicas para aumentar as vendas nas datas comemorativasclicando aqui.

Concluindo

Os feriados prolongados podem ter impactos diferenciados em segmentos de negócios diferentes. Contar com um planejamento eficiente será o grande diferencial da sua empresa no momento de analisar os resultados.

Como está o seu planejamento para os feriados prolongados? Compartilhe suas experiências e dicas conosco e outros empreendedores nos comentários!

Show Full Content
Anterior Páscoa 2017: o que o mercado está esperando das vendas
Próximo Projeção de Vendas: planilha Excel para download

1 thought on “Feriados Prolongados: impactos na economia e nas vendas

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Novidades das Versões 2.0.34 e 2.0.35 do SIGE Cloud

3 de agosto de 2018
Fechar