19 de agosto de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Se acaso sua empresa sofre com a inadimplência de certos clientes, saiba que não está só. Pesquisas recentes mostram que a inadimplência tem crescido exponencialmente no Brasil. Em comparação com 2018, a inadimplência no país subiu 5,02%. Em regiões como o sudeste, essa alta chegou a 8,65%.

Diante disso, pensando em auxiliar você, empreendedor, na prevenção e controle de maus pagadores em seu negócio, criamos este artigo. Nele, além de compartilhar dicas de gestão financeira, apresentamos uma completa planilha para download.

Siga lendo e confira!

 

Como fazer controle de inadimplência?

De acordo com um levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) divulgado em 2018, mais de 64 milhões de brasileiros possuem alguma dívida em atraso. Surpreendentemente, o crescimento mais acentuado de inadimplência ocorre entre a população idosa. Estima-se que este movimento compreenda mais de 5 milhões de devedores na faixa dos 65-84 anos.

Por outro lado, a população com idade entre 30-39 anos ainda representa a maior fatia dos devedores (mais de 30 milões).

Ainda que estes números representem apenas as dívidas de pessoas físicas, colocam todas as empresas em alerta. Isso mostra a verdadeira necessidade de realizar um controle de clientes inadimplentes que pode ser realizado de duas formas: preventiva ou corretiva. Conforme se verá a seguir:

Controle preventivo

Neste tipo de controle, a empresa busca estabelecer ações para se antecipar ao problema e evitar que ele ocorra. Desta forma definindo um bom processo de concessão de crédito.

Algumas dicas para realizar um controle de inadimplência preventivo são:

  • Manter sempre atualizado o cadastro de seus clientes;
  • Privilegiar bons pagadores (evite clientes negativados no SPC ou Serasa);
  • Oferecer descontos para pagamentos à vista;
  • Sempre emitir a nota fiscal;
  • Controlar todas as entradas no seu fluxo de caixa.

Logo, estas são ações simples, realizadas antes do vencimento do titulo, e que ajudam a evitar problemas com maus pagadores.

Controle corretivo

Já no controle corretivo da inadimplência, a empresa definirá uma boa política de cobrança, visando receber os valores não pagos. As medidas adotadas neste tipo de controle permitem que se tenha um bom poder de reação ao problema.

Para isso, você deve manter um controle rigoroso sobre todas as suas contas a receber. Isso vale tanto para vencimentos futuros quanto já vencidos. Com esse cuidado e organização, você poderá identificar o atraso rapidamente. Assim, poderá fazer uma abordagem buscando entender o que ocasionou o erro. Então, será possível propor as soluções mais adequadas.

Estas abordagens devem levar em consideração como o cliente será abordado: por qual canal, quando, que penalidades aplicar, como a dívida poderá ser renegociada, e quando ela será repassada à via judicial.

Estabeleça regras que devem ser cumpridas e o prazo para cada uma das ações, sempre atento ao Código de Defesa do Consumidor.

Planilha de Controle da Inadimplência

Inegavelmente, contar com ferramentas que ajudem a automatizar esses controles e organizar a rotina financeira da empresa são “uma mão na roda”. Por isso, preparamos uma planilha Excel, totalmente gratuita para contribuir nessa tarefa. Com ela, você poderá acompanhar os dados do cliente e da dívida (incluindo valores já pagos e vencidos), além de acompanhar as informações sobre a negociação (se já houve contato, sua evolução e novos prazos para pagamento).

 

BAIXAR A PLANILHA GRATUITA

 

Gostou deste conteúdo? Quer saber mais sobre Gestão Financeira? Recomendamos a leitura dos artigos: Planejamento Financeiro: o que é e porque é importante; e 5 Relatórios Financeiros para transformar a gestão do seu negócio

Show Full Content
Anterior 7 passos para controlar o RH da sua empresa: planilha para download
Próximo Como calcular a folha de pagamento: modelo em Excel para download

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Como um negócio SaaS pode proteger seus dados de um ciberataque

22 de maio de 2017
Fechar