14 de dezembro de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Se você está pensando em abrir uma loja de roupas saiba que este é um dos segmentos mais escolhidos por novos empreendedores. Longe de ser apenas artigo supérfluo, roupas são uma necessidade e em um mercado cheio de novidades, é possível apostar e nichos variados e lucrar muito, apesar da concorrência!

Por isso, para destacar-se neste ramo de crescimento constante, é preciso criar estratégias inteligentes e estar sempre de olho nas tendências e movimentações do mercado da moda.

Somente no primeiro semestre de 2019, o mercado de vestuário brasileiro cresceu mais de 8%, de acordo com dados do Empresômetro.

Pensando nestas questões, para ajudar você a abrir sua própria loja de roupas, criamos este completo artigo. Nele, abordamos um a um, os passos para iniciar suas atividades e já começar a faturar. Quer saber mais? Então, confira nossas dicas!

Como faço para ter minha própria loja de roupas?

1. Faça um Plano de Negócio

Sem dúvida, empreender no Brasil não é tarefa fácil. Assim, quem deseja ter seu próprio negócio, deve estar de ciente de que um planejamento prévio é fundamental, tanto no que diz respeito aos investimentos, como também ao prazos e burocracias desse processo.

Uma dica sobre a qual já apresentamos aqui no blog e que contempla todo tipo de empresa é a criação de um plano de negócio.

Munido desse tipo de ferramenta, você terá informações suficientes para criar estratégias que reduzam as chances de erro e descompliquem a sua jornada empreendedora. Além disso, um plano de negócio prático e bem organizado permite ao empreendedor ter visão ampla do seu mercado, do seu público e dos prazos médios para ter retorno de seus investimentos. Tudo isso, se bem acompanhado, torna-se um diferencial para a manutenção da saúde financeira de uma empresa, sobretudo porque você recém está começando.

2. Sua loja precisa ter a cara da sua persona

A loja até pode ser sua, mas ela precisa mesmo é ter a cara do seu público. Por isso, entender bem quem é a sua persona, seus gostos e desejos é questão de prioridades. Desse modo, mesmo sendo uma loja de roupas que está começando, você já gera um impacto ao demonstrar identificação com a sua persona. E isso vale tanto para a aparência das peças e decoração da loja, como também para a abordagem do atendimento.

Nesse sentido, podemos mencionar alguns exemplos de lojas de roupas que trabalham com abordagens que dão super certo e estão alinhadas com as expectativas de seu público. Como a rede de lojas Youcom:

Layout e atendimento moderno e descontraído, super em sintonia com o público jovem.

E quando se fala em loja de roupas, há também as que trazem na marca um ideal político e social. Exemplo disso é a King 55, loja de roupas e calçados veganos que traduz em suas peças e layout, valores que são essenciais ao seu público-alvo.

Mais que nunca, o engajamento da marca é decisivo para conquistar o destaque e, até mesmo, a fidelização dos clientes.

3. O investimento de hoje nem sempre volta amanhã: seja paciente!

Por mais batido que este assunto seja, esse é um erro muito comum de quem está abrindo um novo negócio, achar que o direito volta. Realizar um planejamento financeiro não é meramente anotar os custos iniciais da sua loja de roupas. É, sobretudo, saber mensurar um tempo médio para sobreviver sem tirar dinheiro do caixa da empresa.

Não há uma fórmula mágica, empreendimentos novos dependem de tempo e maturidade no mercado para começarem a se pagar. Nesse sentido, é interessante que desde o começo você já conte com uma ferramenta que centralize todos os seus lançamentos financeiros. Dessa forma, seu fluxo de caixa estará sempre organizado e, a medida que o dinheiro for retornando ao seu caixa, será possível reinvestir, seja na contratação de novos funcionários, pagamento de tributos, melhorias na infraestrutura ou mesmo, mais mercadorias em estoque.

4. Aposte nas tendências, mas controle seus estoques!

E por falar em estoque, quem abre um comércio de vestuário deve estar atento para ter estoques diversificados e sempre abastecidos.

Mas tenha muito cuidado! É claro que ao abrir uma loja você não tem como prever quais as quantidades exatas de estoque serão necessárias para atender seus primeiros clientes. No entanto é possível aplicar alguns truques simples.

  • Compre pequenas quantidades de peças de tamanhos variados. Assim, se a cliente que amou a calça jeans 38, precisar provar um tamanho maior, você não perderá a venda porque não tem aquela calça em outro tamanho!
  • Faça um controle de cada compra que você fizer. Bem como o de todas as vendas. Dessa forma, fica muito mais fácil acompanhar o giro dos produtos em seu estoque.
  • Não se jogue de corpo, alma e carteira em todas as tendências que surgirem! Produtos muito nichados costumam ter muita aderência por curtos períodos e apostar cegamente nessas tendências resulta em estoques abarrotados de produtos encalhados. Por isso, se você está iniciando, tenha cautela ao adquirir lançamentos!

Se acaso você estiver se perguntando: e se a minha empresa for uma loja virtual, será que essas dicas servem também?

Claro que sim! Não só as lojas físicas, como também as virtuais precisam seguir alguns processos. Retomando: ter planejamento, criar uma identidade que esteja em sintonia com seu público, controlar financeiro e estoque.

Todos estes pontos podem ser replicados para o e-commerce. E, ainda, se você está pensando em apostar em loja física e virtual ao mesmo tempo, contar com uma ferramenta de gestão de lojas que reúna todas as informações sobre seu negócio em um só lugar, pode ser elemento decisivo para o seu sucesso!

5. Automatize processos: tenha um sistema de gestão de lojas

E falando em sucesso, apresentamos a você o SIGE Lite. Nossa Sistema de Gestão de Lojas Grátis que é ideal para quem está começando!

Com o SIGE Lite você tem cadastro de produtos, clientes e fornecedores, controle de contas a pagar e a receber, controle de estoque e, o melhor: um poderoso PDV Frente de Caixa emissor de notas e cupons fiscais, que funciona até mesmo offline.

Conheça agora mesmo todas as funcionalidades e benefícios de contar com um Sistema ERP. Experimente o SIGE Lite!

Gostou dessa dica? Então, bora conhecer os recursos incríveis que o SIGE Lite tem para oferecer à sua loja de roupas? Clique no botão abaixo e faça o download agora mesmo:

Show Full Content
Anterior Como preparar o seu estoque para as vendas de Natal
Próximo Como organizar seu Orçamento para o Natal: planilha para download
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Estudo de Viabilidade: planilha para analise econômica

20 de abril de 2017
Fechar