26 de junho de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Ser seu próprio chefe, esse é o seu sonho? De acordo com a Pesquisa GEM de 2018, este é um dos principais desejos da população brasileira. Mas e para tirar o sonho do papel, o que é preciso? Uma boa ideia e Planejamento de Negócio.

Por isso, para ajudar você a colocar em prática o desejo de empreender, desenvolvemos este artigo. Pensado para esclarecer dúvidas e dar as melhores dicas para dar a grande virada em sua vida profissional!

Siga lendo e confira!

Cenário Econômico

Com as recentes mudanças políticas e econômicas, cada vez mais pessoas estão buscando alternativas para superar a crise. De acordo com o SEBRAE, pelo menos 48 milhões de pessoas com idade entre 18 e 64 atuam em pequenos negócios no Brasil. A previsão de expansão nesse mercado é muito favorável, chegando a 17,7 milhões de micro e pequenas até o final deste ano.

Se você faz pretende fazer parte desse time de novos empreendedores, temos algumas dicas importantes.

Planejando o seu Negócio

Inicialmente, é preciso lançar-se a campo e delinear um plano cuidadosamente estruturado. Contemplando, assim, todas as fases que antecedem a abertura ou expansão da empresa.

O que é e para quê serve o Plano de Negócio?

É um documento que descreve por escrito os objetivos de um negócio e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. Um plano de negócio permite identificar e restringir seus erros no papel, ao invés de cometê-los no mercado.

Esse documento cumpre a função de dar ao futuro empreendedor, maior segurança na viabilidade do seu projeto. Além, é claro, de muní-lo com as informações necessárias sobre:

  • o segmento;
  • os produtos ou serviços que irá ofertar;
  • o seu público-alvo;
  • os fornecedores; e
  • os concorrentes.

Nessa análise, ainda, será possível identificar com clareza pontos fortes e debilidades do seu projeto.

Uma vez que você tenha essas informações preciosas, é imprescindível pensar na questão financeira. Inegavelmente, abrir uma nova empresa ou simplesmente expandir, depende de ter os recursos para investir. Esse fator é decisivo para a manutenção do negócio. Para isso, além de organizar-se para ter um certo capital de giro, até que o seu empreendimento esteja estabilizado e ganhe fôlego para andar com as próprias pernas, é necessário avaliar bem se a margem de lucro será suficiente para a saúde do negócio.

O que não pode faltar em um Plano de Negócio? 

• Objetivos do empreendimento;
• Principais produtos ou serviços;
• Perfil de público-alvo;
• Localização da Empresa;
• O capital que você tem x o capital necessário para iniciar as atividades;
• Previsão média de faturamento mensal;
• Previsão média de lucro mensal; e
• Previsão de retorno do capital investido.

Cursos para quem deseja ter o Próprio Negócio

Uma super dica para aqueles que desejam empreender e não sabem por onde começar é realizar cursos de formação de empreendedores.

A saber, o SEBRAE disponibiliza o curso online Iniciando um Pequeno Grande Negócio – IPGN , que objetiva qualificar potenciais empresários acerca de fundamentos e práticas de empreendedorismo.

Com efeito, outra oportunidade de formação, bastante difundida em diversos países é o Empretec. Este curso é baseado em uma metodologia desenvolvida pela ONU e, atualmente, é realizado em mais de 40 países. Seu objetivo é fomentar o comportamento empreendedor através de um dinâmico processo de imersão.

No Brasil, o SEBRAE é quem realiza essa capacitação que já formou mais de 11 mil turmas de empresários. Confira algumas das competências comportamentais trabalhadas no Empretec:

  • Busca de oportunidade e iniciativa;
  • Persistência;
  • Correr riscos calculados;
  • Exigência de qualidade e eficiência;
  • Comprometimento;
  • Busca de informações;
  • Estabelecimento de metas;
  • Planejamento e monitoramento sistemáticos;
  • Persuasão e rede de contatos;
  • Independência e autoconfiança.

Então, teve algum insight com essas dicas? Vamos colocar o seu sonho de empreender, em prática?

Para isso, conte sempre com SIGE Lite. Até logo!

Show Full Content
Anterior Nichos de Mercado para investir em 2019
Próximo Como abrir uma Empresa: Guia para Empreender em 2019
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

9 passos para deixar de ser empregado e virar empreendedor

4 de abril de 2016
Fechar