24 de março de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Realizar um bom controle de RH é essencial para manter uma equipe talentosa na empresa, já comentamos sobre isso aqui no blog.

Mas também sabemos que quando uma empresa está começando, nem sempre é possível contar com um setor específico para o RH. O que fazer então?

Neste artigo vamos mostrar 7 ações simples do setor de Recursos Humanos, que pode ser realizada pelo próprio gestor da empresa. Confira abaixo e coloque-as em prática agora mesmo!

1) Integrar novos funcionários

Realizar novas contratações é parte do dia a dia empresarial, e estes novos colaboradores devem ser bem integrados aos processos da empresa.

No primeiro dia do novo funcionário apresente a ele os valores e a missão da empresa, as instalações físicas e os demais funcionários. Explique onde ele irá trabalhar, suas funções e quem será seu supervisor. Quanto mais informação você compartilhar, melhor!

Lembre-se também de organizar o ambiente de trabalho do novo funcionário, já deixando uma mesa e cadeira disponíveis, por exemplo. As ferramentas que ele utilizará também devem estar disponíveis no primeiro dia, como um computador se for o caso.

Embora pareça simples, essa prática é essencial para que os novos colaboradores se adéqüem as normas da empresa com rapidez, diminuindo o tempo de adaptação do mesmo.

2) Criar planos de carreira

Primeiro precisamos entender que um plano de carreira é desenvolvido para os funcionários, considerando os benefícios que a empresa pode oferecer. De forma geral, é um programa que determina o caminho que cada funcionário vai percorrer dentro da empresa.

Basicamente, pode ser feito um programa que determina quais benefícios são oferecidos ao funcionário em cada cargo, qual será o salário e quais serão suas funções. Além disso, poderá informar quando o funcionário poderá ser promovido e qual o comportamento adequado para chegar a uma promoção.

Para quem não está familiarizado com este planejamento de RH, pode iniciar um plano de carreiras utilizando como base o tempo de serviço dos funcionários, definindo benefícios e promoções conforme as datas de contratação.

3) Avaliar funcionários e fornecer feedback

Sabemos que o gestor tem muitas tarefas dentro da empresa, e pode se esquecer de acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores. Por isso, criar um programa de avaliação pode lhe ajudar nesta tarefa.

Você pode acompanhar mensalmente quem atingiu as metas, conversar com clientes sobre o atendimento recebido, entre outros. Mas não se esqueça de fornecer feedback aos funcionários, comentando sobre pontos positivos e a melhorar.

4) Realizar pesquisas de clima organizacional é função do RH

Sempre é importante que você, como responsável pela empresa, saiba o que seus colaboradores acham do ambiente de trabalho. Uma maneira prática de fazer isso é realizando uma pesquisa de clima organizacional.

Esta pesquisa conta com perguntas sobre o funcionamento da empresa, considerações sobre horário e ambiente de trabalho, além de ter um espaço para reclamações e sugestões.

O melhor é que a pesquisa seja realizada de forma anônima, para que o funcionário se sinta à vontade para expor sua opinião. Além disso, você não poderá ficar aborrecido com um funcionário que avaliar alguma questão negativamente, pois não saberá quem respondeu.

Ela servirá para que você conheça a opinião dos seus funcionários e saiba no que poderá melhorar, tanto como pessoa quanto como organização. Não se esqueça: esta pesquisa é realizada para ajudar a empresa a melhorar!

7 ações de RH que o próprio gestor pode fazer

5) Investir em treinamentos

Esqueça agora o mesmo o pensamento de que treinamentos são perca de tempo e dinheiro. Eles são essenciais em toda gestão de RH, pois permitem reciclar conteúdos e melhorar a produtividade da equipe.

Eles podem ser realizados quando um novo funcionário começar a trabalhar, quando um novo produto for lançado, quando uma meta difícil precisa ser alcançada, quando algum processo interno da empresa for alterado, entre outros.

Para simplificar, você mesmo pode realizar os treinamentos, dentro das instalações da empresa, realizando conversas curtas. Depois, conforme sentir a necessidade, pode aperfeiçoar os treinamentos e buscar auxílios externos conforme preciso. O importante é criar este hábito na empresa!

6) Desenvolver lideranças

Todo gestor sabe que conforme a empresa for crescendo, não conseguirá dar conta de acompanhar todos os processos com eficiência. Por isso, alguns líderes de setor precisam ser escolhidos e treinados.

Estes líderes devem ser pessoas capacitadas e de confiança do gestor. Por isso, você pode começar a desenvolver o perfil de liderança nas pessoas escolhidas com antecedência.

Isto pode ser feito já na contratação, optando por funcionários que tenham as características necessárias para ser um bom líder (leia mais aqui). Além disso, preste atenção a atuação de cada pessoa perante o restante da equipe e realize treinamentos internos conforme sentir necessidade.

7) Manter os salários em dia

Os funcionários mantêm sempre a expectativa de receber seus salários corretamente, sem atrasos, isso não é novidade. E com isso o gestor também deve ficar atento, com ou sem um setor de RH!

Manter um controle efetivo sobre a folha de pagamento permite que o gestor saiba logo no início do mês quanto será o valor total a ser pago. Além disso, fique atento para realizar o pagamento sempre até o 5º dia útil do mês.

O mesmo também vale para o pagamento de benefícios, previstos no plano de carreira. Você deve saber quanto pagar e para quem pagar, para planejar seu fluxo de caixa e realizar o pagamento sempre no dia acordado.

Concluindo

Algumas ações de RH são simples e não precisam de um departamento completo para serem colocadas em prática. Neste artigo você conferiu algumas ações que o próprio gestor pode realizar e assim melhorar a retenção de talentos na sua equipe.

Coloque nossas dicas em prática hoje mesmo e veja seu RH melhorar. Depois volte aqui para compartilhar suas experiências e resultados conosco!

Show Full Content
Anterior Como demitir um funcionário pode impactar no seu negócio
Próximo Cálculo de Salário: planilha em Excel para download

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Conheça os erros que fazem as empresas decretarem falência

6 de abril de 2015
Fechar