Conteúdos práticos e úteis para simplificar a gestão empresarial.

As maquininhas de cartão estão presentes nos estabelecimentos para que ocorram pagamentos em forma de cartão de crédito ou débito. Mas, você sabe qual é a diferença entre TEF e POS? Ambas são as tecnologias mais utilizadas para leitura desses cartões. Com essas soluções, ocorre a segurança na transmissão dos dados financeiros do cartão do cliente para a conta bancária do seu estabelecimento.

Acompanhe o artigo para entender qual a diferença entre os modelos e qual se encaixa melhor em seu negócio.

O que é POS

POS é a sigla para Point of Sale (Ponto de Venda, em português). São conhecidas como máquinas de cartão portátil com impressora própria. Muitas dessas maquininhas não são conectadas a fios, então, podem ser transportadas para qualquer local.

Uma das vantagens da maquininha POS é que ela não precisa de uma automação comercial integrada. Ou seja, não é necessário possui vínculo com sistema ERP ou PinPad (leitor de cartões). É muito utilizada por quem deseja ter mobilidade na sua utilização, como por exemplo, no delivery.

Em contrapartida, como não há vínculo direto com um sistema ERP, deve ser registrada de forma manual as informações de vendas para que haja o controle. Também é necessário guardar os comprovantes das transações para realizar a conferência junto ao caixa no final do dia. Dessa forma, se evita que ocorra alguma surpresa na gestão financeira da sua empresa.

Além desses, outro ponto é que o POS possui restrição à apenas um adquirente (por exemplo, Cielo, Stone, Rede). Nesse sentido, se o estabelecimento deseja ter uma maior variedade de bandeiras, é necessário adquirir mais uma maquininha que seja integrada à outra credenciadora.

O que é TEF

A Transferência Eletrônica de Fundos (TEF) é um sistema que permite pagamentos de vendas através de PinPad, integradas a um sistema de venda PDV. Por ser integrado a um sistema, automaticamente os dados são vinculados à um software, o qual registra e armazena os dados das transações realizadas.

Empresas que possuem grande fluxo de transações utilizam dessa ferramenta. Diferente do POS, em que o operador precisa registrar as informações de transações de forma manual em softwares, o TEF se destaca pelo fato de realizar esse registro de informações de forma automatizada a um sistema ERP. Pelo fato de a informação dos dados ocorrer de forma automática, impossibilita erros de digitação na hora de inserir o valor a ser cobrado ao cliente.

Outra vantagem é que o TEF possui integração com várias credenciadoras, aceitando todos os tipos de cartões. Então, não é necessário que tenha uma maquininha para cada adquirente, como é no POS. Além disso, os lojistas e comerciantes possuem taxas mais vantajosas com as credenciadoras e otimiza a produtividade do comerciante.

TEF ou POS, qual é o melhor para sua empresa?

Sabendo das definições de TEF e POS, você percebe que ambas as soluções são imprescindíveis no registro de vendas com pagamento no cartão de crédito ou débito. Porém, existem diferenças entre elas. Para escolher o sistema de pagamento mais adequado ao seu negócio, você deve analisar qual atende melhor às suas necessidades.

Se sua empresa realiza operações de delivery, ou possui um estabelecimento de restaurante, o qual deseja ir até a mesa do cliente para que o pagamento ocorra, aposte em funções POS. Como vimos, utilizando esse recurso, há a possibilidade de mobilidade. Dessa forma, quando vinculada alguma conexão com a internet, a transição ocorre de forma eficiente.

Por outro lado, a utilização do TEF seria interessante quando seu estabelecimento possui grande movimentação de fluxo de caixa. Essa ferramenta conta com a utilização de várias bandeiras e credenciadoras de cartão, então não é necessário ter várias maquininhas, como no caso do POS. Ainda, não há necessidade de informar os dados manualmente na maquininha. Pois o sistema integrado a um ERP já realiza essa função. Logo, somente é necessário que o cliente aproxime ou insira o cartão, juntamente com sua senha e a aprovação é realizada.

Conheça a empresa SKYTEF

A SKYTEF é uma empresa de soluções de pagamentos presente no mercado desde 2002. A partir desse ano, conquistou mais de quinze mil clientes espalhados por todo o Brasil, atendendo vários tipos de estabelecimentos. A empresa oferece a automação comercial de soluções financeira como TEF e de POS, as quais vimos anteriormente no artigo.

Recentemente, o ERP SIGE Cloud realizou a parceria com a empresa SKYTEF. Dessa forma, com essa integração irá ocorrer a comunicação automática entre o TEF e o frente de caixa (PDV). Em vista disso, através da SKYTEF podemos oferecer a melhor opção para sua empresa, garantido maior agilidade no processo de venda.

Integração da SKYTEF no SIGE Cloud

A SKYTEF é uma empresa especializada em soluções TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) e com os famosos PinPad’s. Portanto, pensando nisso, a SIGE Cloud desenvolveu uma integração no PDV com o TEF. Basicamente a SIGE Cloud se comunica com o PinPad (maquininha de cartão), enviando e recebendo informações através do PDV, como por exemplo: “insira seu cartão”, “informe sua senha”, “transação aprovada”.

Primeiramente, a SKYTEF é responsável pela instalação dos drivers para o funcionamento correto com o PinPad. Ainda nessa primeira fase é configurada a comunicação segura entre o PinPad – computador – Servidor SITEF (banco). E para finalizar, ocorre outra configuração de comunicação entre o SIGE Cloud e a SKYTEF.

Realizado esses procedimentos, é o momento de realizar a configuração diretamente no SIGE Cloud. Para isso, será necessário realizar a solicitação junto ao nosso suporte técnico. Assim que finalizada a configuração, será liberado no PDV do SIGE Cloud os recursos necessários para realização de vendas, utilizando o TEF. Você pode saber mais sobre a utilização desse recurso através da nossa central de ajuda.

Quando se registra uma venda no PDV do sistema ERP, automaticamente as informações são repassadas ao PinPad, e vice-versa. Então, assim que o cliente passar o cartão na maquininha, informando a sua senha, o pagamento é realizado e a transação ocorre.

Conclusão

Tanto com POS quanto com TEF, as transações eletrônicas ocorrem de forma rápida, de apenas alguns segundos. Isso faz com que as soluções sejam eficientes para o varejo. Basta nesse momento você verificar qual delas deseja que implementada em seu negócio.

Em caso de optar pelo TEF, realize a configuração necessária junto à SKYTEF e utilize essa integração nas vendas realizadas no PDV do SIGE Cloud. Definitivamente essa integração trará mais agilidade, controle, prevenção contra fraudes e maior autonomia com relação as taxas.

Show Full Content
Anterior Conheça a nossa integração e parceria com o DSLite
Próximo Ponto de Equilíbrio: entenda o que é e como calcular
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Como Configurar as Mensagens Automáticas do Mercado Livre

10 de setembro de 2018
Fechar