16 de julho de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Para que a empresa tenha um bom resultado, é importante contar com profissionais engajados, como já comentamos neste artigo. Para que o gestor, ou líder, saiba como está a evolução da equipe e de cada funcionário individualmente, quem está realmente engajado com os princípios da empresa, é necessário acompanhar o dia a dia organizacional. Neste contexto, uma metodologia bastante adotada é a avaliação de desempenho.

Para explicar melhor o que é uma avaliação de desempenho e como ela deve ser feita, acompanhe este artigo. Além de esclarecer estes pontos, disponibilizamos uma planilha Excel de avaliação de desempenho para download.

O que é uma avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é uma ferramenta muito utilizada na gestão de pessoas, e tem o objetivo de analisar e acompanhar a evolução de cada colaborador durante seu tempo de serviço.

A partir desta avaliação é possível identificar as características positivas e negativas de cada colaborador. Isto revelará se o funcionário possui uma postura profissional adequada com as diretrizes da empresa.

Quando a avaliação for positiva, o colaborador pode servir de exemplo para os colegas. Em caso negativo, é possível traçar um plano estratégico com ações e prazos definidos para guiar o colaborador em seu crescimento profissional.

Avaliação de desempenho por competência

A avaliação de desempenho por competência é utilizada para avaliar diferentes aspectos do funcionário. Normalmente, estes aspectos são baseados na intercessão entre três pilares:

– Conhecimento: ter domínio sobre a informação; saber o quê e porquê fazer;

– Habilidade: conhecer a técnica; saber como fazer;

– Atitude: ter determinação para colocar em prática; querer fazer.

Quando o funcionário possui competências nestes três pilares, e consegue colocá-las em prática, ele é considerado alguém engajado com a empresa e apto a desempenhar suas atividades. Por isso, é indicado que a avaliação de desempenho dos funcionários seja realizada conforme as competências necessárias para cada cargo.

Como fazer uma avaliação de desempenho

Quando o gestor decide implantar uma avaliação de desempenho, deve definir diversas questões e revisar este processo sempre que possível:

1) Escolher o tipo de avaliação

Existem diversas formas de realizar uma avaliação de desempenho, onde cada um pode ser adaptado a realidade da sua empresa. Vamos citar os três principais tipos de avaliação:

– Autoavaliação: Neste tipo de avaliação, o próprio funcionário analisa seu desempenho. Sua principal vantagem é a autorreflexão, quando o funcionário percebe sua performance, seus erros e acertos, que podem não ser percebidos antes da avaliação. A desvantagem é que o funcionário pode realizar a avaliação de forma condicionada, conforme seu ponto de vista e interesse individual.

– Avaliação do superior hierárquico: Este é o tipo de avaliação mais utilizado, por ser simples e comum. Nele, o líder ou chefe de setor fará a avaliação de seus subordinados. A vantagem é a uniformidade dos critérios da avaliação, visto que existe apenas um avaliador. A desvantagem pode ocorrer quando líder e subordinado não mantém uma boa relação, onde o avaliador pode transmitir uma percepção equivocada do desempenho do funcionário.

– Avaliação 360º: Este é o método mais completo, onde todos os colaboradores são avaliadores e avaliados, de forme totalmente anônima, independentemente de sua posição dentro da empresa. A vantagem deste tipo de avaliação é que toda a empresa é avaliada, inclusive os subordinados podem avaliar seus superiores. A desvantagem ocorre quando não existe um elevado nível de maturidade profissional, pois as críticas serão direcionadas a todos, inclusive os chefes e líderes de setor.

2) Decidir quem vai participar da avaliação

Depois de decidir o tipo de avaliação que será realizado, é necessário definir quais funcionários participarão da avaliação: tanto como avaliadores quanto como avaliados. Busque começar com um grupo pequeno, pois quanto menor o grupo inicial maior a chance de sucesso da avaliação e o prosseguimento do projeto.

3) Descrever as competências de cada cargo

Quando você souber o grupo inicial do seu projeto, converse com os funcionários de cada cargo para definir e padronizar as competências que serão avaliadas. Busque descrever as competências conforme os pilares que listamos no início deste artigo.

4) Definir a periodicidade da avaliação

O próximo passo é definir a periodicidade em que você fará a avaliação. A indicação é que quanto menor a empresa, menor a periodicidade, pois a situação da empresa muda rapidamente. A forma de aplicar pode ser feita de várias maneiras: formulários escritos ou digitais, ou sistemas on-line próprios para a função.

5) Aplicar e medir resultados

Com os passos anteriores prontos, coloque em prática sua avaliação. Depois de aplicada, a última etapa é analisar os dados e mostrar o resultado para os funcionários. A sugestão é que cada funcionário receba um relatório de desempenho individual.

Planilha para avaliação de desempenho por competências

Para que você possa começar a avaliação de desempenho de seus funcionários com facilidade, preparamos uma planilha Excel. Nela você terá uma avaliação de desempenho por competências, individualizado por funcionário. Você informará a evolução do funcionário em cada trimestre e a planilha apresentará os gráficos.

 

BAIXAR A PLANILHA GRATUITA

 

Concluindo

A avaliação de desempenho é essencial para, junto dos funcionários, apontar quais as competências e comportamentos esperados em cada cargo. Para conseguir melhores resultados, é essencial é que avaliador e avaliado estejam juntos, na busca pelo mesmo objetivo.

Esperamos que este artigo seja útil para iniciar a avaliação de desempenho em sua empresa. Se tiver qualquer dúvida ou sugestão, compartilhe conosco nos comentários.

Show Full Content
Anterior Como o engajamento da equipe reflete na gestão da empresa
Próximo Dicas eficientes para engajar sua equipe de forma simples

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Novidades da versão 2.0.38 do SIGE Cloud

27 de agosto de 2018
Fechar