16 de junho de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Está pensando em investir em negócios altamente lucrativos? Que tal conhecer os nichos de mercado que se tornaram tendência para empresários de todo o país?

No artigo de hoje, compartilhamos o Top 5 de empreendimentos que estão dando o que falar no mercado nacional.

Siga lendo e confira nossas sugestões!

A Economia Brasileira

O cenário econômico melhorar, a polarização política desaparecer, os juros caírem e a inflação estagnar, é isso mesmo que você está esperando para abrir seu próprio negócio?

Empreendedores de sucesso não esperam a “maré virar”. Entretanto, estes grandes empreendedores também não se jogam de cabeça na primeira oportunidade que passa pela frente. Antes de tudo, é preciso desenvolver um planejamento estratégico forte. O passo inicial é analisar as dificuldades econômicas enfrentadas pelo Brasil e avaliar empreendimentos que apresentem perspectivas reais de crescimento a longo prazo.

Uma dica importante nessa primeira fase de análise e planejamento, é procurar entender quais os nichos de mercado que vêm se destacando nos últimos anos.

Primordialmente, você deve buscar compreender o que tem funcionado ou não e razões para tais resultados. Partindo desse entendimento, é possível inovar e encontrar oportunidades valiosíssimas. Pois o seu nicho de mercado terá um objetivo bem claro: entregar soluções que atendam a demandas que não haviam sido identificadas ou não estão sendo bem resolvidas pela concorrência.

2 Exemplos Emblemáticos de Soluções que transformaram a experiência de compra

Carrinho de supermercado

Sylvan Goldman, dono de uma rede de supermercados americana, imaginou que um objeto leve, grande e fácil de transportar faria com que as pessoas se entusiasmassem e gastassem muito mais em suas lojas. Com a ajuda de um mecânico, construiu uma grade de metal com rodinhas. Para divulgar a criação, contratou modelos que demonstravam o invento. A ideia foi um sucesso.

Máquina registradora

Em uma viagem de barco, o americano James Jacob ficou fascinado com a máquina que contava os giros da hélice. Na hora imaginou que aquela técnica poderia resolver os problemas de controle de caixa em seu bar. Em 1879, criou uma máquina que media a quantidade de dinheiro que entrava e saía através de teclas representando quantias de dinheiro. Com a invenção, Ritty abriu uma fábrica e encheu sua caixa registradora de dinheiro.

Cartão de Crédito

Existem duas versões sobre o surgimento desta que é, na atualidade, a forma de pagamento mais utilizada no mundo.

A história mais famosa conta que, em 1949, o executivo americano Frank MacNamara saiu para jantar com alguns amigos. No momento de pagar a conta, notou que havia esquecido a carteira com o dinheiro e o talão de cheques. Sem ter como quitar a dívida, assinou a nota com a intenção de pagar depois.

A outra versão conta que não foi bem assim. MacNamara teve que ligar para a sua esposa e pedir a ela que levasse a carteira para que, assim, pagasse a conta. O fato é que isso inspirou o executivo a criar o primeiro cartão de crédito no estilo “assine agora e pague depois”. O cartão era confeccionado em papel, aceito inicialmente em 27 restaurantes e utilizado por 200 executivos, a maioria, amigos de MacNamara. Foi nomeado de Diners Club Card.

Diante destas histórias fica evidente a linha de raciocínio da inovação: analisar, identificar e solucionar.

Vamos, então conhecer alguns dos nichos de mercado que inovam e que são os mais rentáveis para este ano?

TOP 5 Nichos de Mercado em alta em 2019

1. Home Office

Estudos desenvolvidos por diversas universidades e empresas do setor financeiro apontam a modalidade de trabalho remoto como uma das maiores tendências do mercado mundial. No Brasil, não tem sido diferente.

Esse formato de trabalho proporciona uma série de vantagens, tanto às corporações que economizam em infraestrutura e ganham em produtividade. Como para seus colaboradores que ganham em qualidade de vida e redução dos níveis de stress.

Ferramentas tecnológicas para a gestão de projetos, gestão de tarefas, gestão de equipes e comunicação têm sido cada vez mais exploradas a fim de atender as necessidades geradas pelos adeptos a esse sistema.

2. Alimentação Saudável

Vai dizer que você não conhece ninguém que está em dieta, reeducação alimentar ou simplesmente tentando evitar besteiras e alimentar-se com produtos naturais?

Atualmente, este nicho de mercado movimenta US$35 bilhões anualmente no Brasil. Dados publicados pelo SEBRAE, informam que o setor de alimentação saudável cresceu 98% em 5 anos.  Só por isso já parece muito interessante, não é mesmo?

Confira algumas das linhas de negócio que estão crescendo exponencialmente nesse setor:

  • Produtos Sem Lactose;
  • Produtos Sem Glúten;
  • Produtos Veganos;

3. PET

Nem mesmo a instabilidade econômica que impactou diversos setores, impediu o crescimento do mercado Pet. Em contrapartida à crise, no ano de 2018 o setor cresceu 7%, atingindo o faturamento R$ 19 bilhões.

Segundo dados do IBGE, há no Brasil mais de 132,4 milhões de animais de estimação. Dessa forma, além de público garantido, cada vez mais consumidores têm investido em “mimos” para os seus filhotes de quato patas.

Confira algumas linhas de negócio que estão crescendo exponencialmente nesse setor:

  • Pet shops;
  • Clínicas veterinárias;
  • Hotéis e escolas para animais;
  • Acessórios e alimentos;

4. Economia compartilhada

Uber, Airbnb, Biciletas de Aluguel, Patinetes para passear pelo parque, 10 minutos de massagem no Shopping. Essa tendência de consumo voltada à experiência e não à posse, tem se alastrado pelo mundo. De acordo com a PWC, este nicho de mercado movimentará US$ 335 bilhões até 2025.

Dessa forma, o mercado Brasileiro, não fica para trás e inova com negócios que nascem na internet e rompem os moldes de negócios tradicionais. Até pouco tempo, não imaginaríamos ter os cardápios mais variados entre lanches e pratos sofisticados há um clique de distância. Assim, os aplicativos para smartphone são uma tendência que anda lado a lado com a economia compartilhada.

Segundo o consultor do SEBRAE-SP, Luís Cláudio de Sousa, a medida que esse tipo de negócio se difunde e se fortalece, há uma tendência de redução nos preços. Ademais, esclarece:

“Os consumidores estão mais exigentes e a sustentabilidade já é uma realidade, os negócios compartilhados tendem a ser mais ecológicos, uma vez que os recursos podem ser reutilizados como no caso do brechó virtual, por exemplo, ou compartilhados como o guarda-chuvas, o que limita o consumismo desenfreado”.

5. Beleza e Bem-estar

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o setor de beleza cresceu 2,77% em 2018. Segundo estudos da Euromonitor Internacional, o faturamento de setor cresceu US$1,4bilhão no último ano.

Com um público cada vez maior e mais exigente, acompanhado por uma série de avanços tecnológicos o mercado da beleza e do bem-estar inova com soluções para velhos problemas. Não só mulheres, mas também homens têm buscando essas soluções. Estudos apontam que o público masculino que investe em procedimentos estéticos cresceu 30% no último triênio.

Confira algumas linhas de produtos e serviços que estão crescendo exponencialmente nesse setor:

  • Barbearias especializadas;
  • Linhas de cosméticos voltados ao público masculino;
  • Tratamentos para redução de manchas, estrias e cicatrizes;
  • Tratamentos que substituem os resultados de cirurgias plásticas;
  • Beleza Verde (produtos naturais)
  • Produtos que enfatizam a diversidade

Então, gostou das dicas? Alguma delas tem a ver com o tipo de negócio que você desenvolve? Conta pra gente!

Show Full Content
Anterior CNAE 2019: como classificar sua empresa
Próximo Plano de Negócio: o que é preciso saber antes de empreender?

1 thought on “Nichos de Mercado para investir em 2019

Comentários desabilitados.

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Dicas para organizar o estoque com simplicidade e eficiência

14 de novembro de 2016
Fechar