21 de novembro de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

O controle eficiente da folha de pagamento é vital para o bom funcionamento de todo tipo de empresa, sobretudo, o pequeno negócio.

Problemas com o pagamento da equipe podem gerar diversos transtornos. Por exemplo, a queda da produtividade, atritos entre colegas, faltas etc. Além disso, em últimos casos podem ocorrer entraves burocráticos. O que tende a demandar muito tempo, energia e dinheiro para solucionar.

Melhor evitá-los!

Pensando nisso, para levar ainda mais comodidade para o dia a da dos pequenos empreendedores, neste artigo, compartilhamos algumas dicas para ter a folha de pagamento sempre sob controle. E, claro, disponibilizamos uma completa planilha para calcular a folha de pagamento e não errar mais! Confira!

Dedique tempo ao planejamento

Antes de mais nada, dedicar tempo para organizar os processos da folha de pagamento é uma medida essencial. Por mais que esta seja uma tarefa cansativa, é extremamente importante, pois garantirá cálculos coerentes e maior segurança de estar cumprindo todas as obrigações trabalhistas e fiscais.

Classifique os funcionários

Não só de planejamento vive o setor de recursos humanos, mas também de uma hierarquização. É isso mesmo! Você precisa saber qual é a relação de trabalho que tem com cada pessoa que presta serviços à sua empresa. Devendo estar atento a seus deveres em relação a cada um deles.

Um colaborador com carteira assinada, um freelancer ou uma pessoa jurídica têm deveres e direitos diferentes em relação à empresa. Portanto, crie um organograma ou algum tipo de hierarquização que lhe permite visualizar suas obrigações e criar a folha de pagamento de cada um deles.

Informe-se sobre todos os impostos da folha de pagamento

As taxas de impostos podem variar por inúmeros motivos. Por exemplo, mudanças na faixa salarial, benefícios, participação nos lucros e bônus. Mantenha esses dados sempre atualizados!

Fique bastante atento aos extras

Bem como as obrigações padrão, o cálculo dos extras merece cuidado. É preciso preparar o caixa e realizar o pagamento devido de: licenças maternidade; seguros; férias; 13º salário; horas extras; adicional noturno; comissões etc. É importante, também, adotar uma política de pagamento bastante transparente em que os funcionários saibam sobre os seus rendimentos, descontos, impostos retidos etc.

Tenha backups para garantir o pagamento dos funcionários em dia

Especialistas recomendam não ter apenas um computador, uma conta bancária e um funcionário encarregado de cuidar do pagamento. O risco de falhas é grande com essa centralização.

Desse modo, um software de gestão pode ajudar a organizar as informações. Ainda mais, se for um sistema de gestão na nuvem, que permite que os dados estejam ao alcance de toda a equipe onde eles estejam e sempre seguros.

Um sistema de gestão na nuvem também otimiza o tempo dos profissionais de RH e a empresa como um todo. Dando mais agilidade e liberdade para pensar em questões mais estratégicas e menos burocráticas do negócio. Pesquise as opções disponíveis no mercado e certifique-se de qual melhor atende às necessidades da sua empresa.

Show Full Content
Anterior Gestão de Pequenas Empresas: quais os principais erros e como evitá-los?
Próximo Livro Caixa: modelo em Excel para download gratuito

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

5 dicas para vender mais com a copa do mundo!

27 de junho de 2018
Fechar