26 de janeiro de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Se você é empreendedor e nunca ouviu falar no Diagrama de Pareto, talvez se assombraria e questionaria a informação, se eu lhe dissesse que 80% dos seus resultados provém de apenas 20% das suas ações.

Então, imagine que de todos os seus investimentos e campanhas de marketing, apenas 20% é que lhe rende 80% dos seus leads. Ou pior, considere essa regra aplicada ao seu setor comercial e perceberá que 20% das suas vendas, representam 80% do seu faturamento. Duvida?

Por isso, mais que nunca, é chegado o momento de conhecer o Diagrama de Pareto. Definido por muitos especialistas como uma das melhores ferramentas de gestão, ele é responsável por focar a gestão da empresa nos resultados e na resolução dos principais problemas.

Assim, criamos este artigo para que você possa aproveitar os benefícios desta ferramenta e entender a fundo como essa regra funciona. Além disso, compartilhamos uma poderosa planilha Excel para criar a análise da sua empresa, permitindo que você identifique pontos e melhorar e tenha insights para atingir suas metas. 

Siga lendo e confira!

O que é o Diagrama de Pareto?

O Diagrama de Pareto trata-se de um recurso gráfico criado pelo economista e sociólogo italiano Vilfredo Pareto, e é utilizado para ordenar as causas de perdas da empresa, conforme a freqüência em que ocorrem.

É considerada uma das sete ferramentas básicas da qualidade, e sua estruturação baseia-se no princípio de que a maioria das perdas tem poucas causas, ou que a maioria das causas são triviais e poucas são vitais.

Por isso, este diagrama é muito utilizado para compreender a relação ação – benefício dentro da empresa. Ou seja, saber qual ação trará o melhor resultado, para manter o foco da equipe nas ações mais vantajosas.

Como aplicar o Diagrama de Pareto

Para aplicar o Diagrama de forma simples e eficiente, devem ser observados os seguintes passos básicos:

  1. Determine qual tipo de perda será observada, qual o objetivo do diagrama;
  2. Definir como os dados do tipo de perda serão classificados;
  3. Utilize uma tabela para organizar os dados conforme as categorias do aspecto definido;
  4. Calcular a freqüência e agrupar as categorias que ocorrem com baixa freqüência;
  5. Calcular o total e a porcentagem de cada item;
  6. Traçar o diagrama.

A ciência da Lei de 80/20

O Diagrama de Pareto está alinhado com a Lei de Pareto, ou principio 80-20. Esta lei define que 80% das conseqüências acontecem devido a 20% das causas. Este lei também é utilizada para dizer que 20% dos defeitos são responsáveis por 80% dos prejuízos.

Por isso, utilizando este Diagrama é possível melhorar a tomada de decisão do empreendedor, no que se refere a definição de prioridades da empresa. Ou seja, sabendo as pequenas causas que apresentam os piores resultados, mantenha o foco em resolvê-las prioritariamente para seus resultados aumentaram consideravelmente.

Planilha do Diagrama de Pareto

Por fim, para que você possa utilizar o Diagrama de Pareto em sua empresa de forma simplificada e eficiente, preparamos uma planilha Excel que vai lhe ajudar. Nela, você poderá apontar as causas principais de um determinado problema e saber o quanto esta causa influencia nos seus resultados.

A utilização do Diagrama de Pareto facilita a identificação dos maiores problemas de uma empresa, e guia os esforços da equipe no caminho que melhor resolve estes itens. Desse modo, conhecendo a realidade da empresa e com muita dedicação, seus resultados podem melhorar!

Show Full Content
Anterior Centro de Custos: o que é e como implementar na sua empresa
Próximo Conheça as tendências para o Varejo em 2020

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

7 passos para controlar o RH da sua empresa: planilha para download

24 de Maio de 2019
Fechar