7 de abril de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Na semana passada, os gigantes do fast-food Mc Donald’s e Burguer King divulgaram nota anunciando as medidas que tomariam para manter seus negócios funcionando, mesmo diante do avanço do COVID-19, Coronavírus, no Brasil.

Para atender os clientes que estão em quarentena, ambas empresas que já trabalhavam com o modo drive-thru, apostaram também no delivery como forma de se manterem ativas, sem demissões e evitando as aglomerações em seus estabelecimentos.

E se até as grandes empresas estão apostando nas entregas a domicílio para enfrentar a crise, como é que você que tem um restaurante, lanchonete ou qualquer outro tipo de comércio vai deixar de vender justo nesse momento?

Nesse sentido, se você ainda não trabalha com tele-entregas, vendas online e tem dúvidas sobre como gerenciar essa tipo de serviço, não se preocupe. Pois criamos este artigo especialmente para apresentar recursos que podem lhe ajudar nesse processo e, ainda hoje, começar a trabalhar com delivery para movimentar seu negócio.

4 Passos para Trabalhar com Delivery

Enquanto o Coronavírus avança e as pessoas estão em isolamento, com medo de contrair a doença, outro fator também apavora: a crise econômica causada pelo COVID-19.

Quando empresas precisam fechar suas portas e parar sua produção e atendimento por determinação dos órgãos de saúde, parece mesmo que não há o que fazer. No entanto, é com organização e criatividade que empreendedores de todo o Brasil têm adaptado seus negócios para resistir ao baixo movimento.

Para quem nunca trabalhou com vendas à distância e entregas a domicílio pode ser um pouco confuso mudar totalmente sua forma de operar. Dessa forma, nós selecionamos 4 passos fundamentais para que você possa ingressar no ramo de delivery hoje mesmo. Confira!

1 – Anuncie seus produtos nas redes sociais

Primeiramente, você já deve ter redes sociais do seu negócio, não é mesmo?

Mas entre ter uma página no Facebook ou Instagram e efetivamente começar a anunciar e vender por ali, é bem diferente.

Por isso, a nossa primeira dica é que você dê aquela alimentada na sua página. Divulgue que está atendendo a domicílio! Crie ofertas do dia e facilidades e notícias para que as pessoas possam interagir com a sua marca e ter confiança de que além de receber o pedido no conforto de casa, sem precisar se expor ao vírus na rua, aí na sua empresa você e sua equipe estão tomando todas as medidas sanitárias devidas.

Além das redes sociais, esse momento é uma ótimo oportunidade para vendas por e-commerce e aplicativos. No SIGE Lite, por exemplo, possuímos integração direta com o iFood. Com isso, você pode gerenciar todos os seus pedidos dos mais variados canais e até os provenientes do iFood através do nosso sistema. Sem papel, sem se perder nas anotações e com a certeza de ter total controle do seu negócio.

2 – Faça boas fotos dos seus produtos

Por certo, quando vai chegando a hora do almoço e bate aquela fome, nada melhor que um prato super apetitoso que nos conquista pelos olhos!

Inegavelmente, somos seres visuais. Por isso, invista em boas fotos dos seus produtos. Frutas frescas, pratos com cores vivas e uma apresentação bonita chamam a atenção e nos fazem desejar ainda mais o seu produto e não o de qualquer outro concorrente.

3 – Responda seus clientes com Agilidade

O mundo pode estar um caos, mas se os seus clientes interagem com a sua empresa, perguntam, fazem pedidos, pedem o cardápio do dia… Não os deixe esperando!

Cliente sem resposta é certeza de insatisfação. Dessa forma, se você disponibiliza diferentes canais de vendas e comunicação com sua clientela, é fundamental nutrir todos dias esses contatos. Responda sempre! Os seus clientes se sentiram lisonjeados com a sua disponibilidade e amabilidade nas respostas. Conquiste e fidelize não só pela cara e sabor dos pratos, mas também pela qualidade do atendimento.

Saiba que a longo prazo a adoção dessa nova abordagem comercial pode ser uma alternativa consistente para expandir os seus negócios, afinal a crise gerada pelo COVID-19 não vai durar para sempre.

4 – Tenha uma ferramenta para Controlar Pedidos e Entregas

Por fim, contar com uma ferramenta tecnológica que lhe permita cadastrar cardápios, adicionar fotos dos seus produtos, registrar combos, acrescentar todo tipo de adicional e, ainda, gerenciar pedidos e entregas é, sem dúvida um grande diferencial em temos de organização.

Com o Módulo Foods do SIGE Lite você pode cadastrar clientes, produtos, entregadores, gerar pedidos, imprimir rotas de entrega e, claro, emitir notas e cupons fiscais de todas as suas vendas. Tudo isso, em uma interface moderna e muito fácil de usar. E o melhor, o SIGE Lite está disponível para download gratuitamente.

E então, gostou das nossas dicas? Quer entender melhor como um Sistema de Gestão pode atender suas necessidade nesse momento tão difícil? Recomendamos que você conheça os poderosos recursos do Módulo Foods do SIGE Lite. Faça o download agora mesmo e experimente grátis!

Show Full Content
Anterior Como o BNDES ajudará empresas a superarem os efeitos do COVID-19?
Próximo Catálogo Virtual: uma forma certeira de continuar vendendo mesmo à distância
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

O que é e como criar uma Startup?

24 de abril de 2019
Fechar