28 de outubro de 2020
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Você pediu, a equipe SIGE Cloud realizou!

Nosso time de desenvolvimento e gestão de produto não para de surpreender. Trabalhando diariamente para potencializar os resultados da sua empresa, trouxemos novidades!

Confira nesta postagem, algumas das principais mudanças implementadas entre as versões 3.0.76 e 3.0.84 do SIGE Cloud.

Ficou curioso/a? Então, confira!

Novidades:

Melhorias no Relatório de Marketplaces

Sem dúvida, as novidades por aqui neste último mês foram muitas. Dentre elas, para facilitar o acompanhamento das suas informações com origem em vendas realizadas por maketplaces. Nesta nova versão incluímos Colunas de Custo, Frete e Lucro Estimado no relatório.

Devolução de Saídas Consignadas

As vendas consignadas têm crescido exponencialmente. Logo, a gente precisava deixar bem alinhados todos os recursos relacionados com as consignações. Agora é possível configurar um prazo padrão para devolução de saídas consignadas. Para isso, o usuário deverá acessar o menu Configurações do ERP, seção Configurações de Venda e definir o prazo desejado.

Filtros nos Relatórios

Outra novidade em termos de controles, é que agora os filtros aplicados na visualização dos relatórios do sistema serão impressos no arquivo PDF ao fazer o download.

No mesmo sentido, será possível filtrar na tela de lançamentos financeiros por Grupo de Lançamentos e por Centro de Custos.

Usuário Vendedor

Nesse ínterim, o sistema passará a adicionar automaticamente o usuário logado como vendedor na venda, independente do tipo de usuário que ele seja (não apenas quando for vendedor).

Caso o usuário seja gerenciador ou coringa, será possível alterar o vendedor manualmente. Porém, se houver vendedor padrão no cadastro do cliente, será o vendedor padrão do cliente que será puxado.

Ordem de Compra

Atendendo a pedidos, incluímos a opção de adicionar produtos duplicados na Ordem de Compra e alterar somente suas descrições para facilitar o processo de compra de produtos para nichos específicos, como o setor moveleiro.

Descontos

Similarmente, implementamos a opção para permitir desconto que ignore o preço mínimo do produto nas configurações de permissão de usuário vendedor. Com isso, é possível que um gerente dê desconto na venda maior do que o preço mínimo de venda do produto e o vendedor conseguirá finalizar o fluxo.

Planilha de Cadastro e Edição de Produtos

Também inserimos um select no campo de Plano de Contas, na planilha Cadastro e de Edição de produtos. Dessa forma, são evitados erros de digitação do usuário quanto aos respectivos planos de contas.

Data de fabricação

A seguir, destacamos outra melhoria criada para facilitar a gestão de produção. Atualmente, ao realizar a produção de um produto controlado por Lote, a data de fabricação é inserida automaticamente com a data em que a OP foi finalizada que é quando o saldo do produto entra no estoque.

ICMS Efetivo

Inegavelmente, melhorias no que diz respeito aos cadastros de impostos são fundamentais. Por isso, aplicamos novos campos referentes ao ICMS Efetivo para emissão de NFC-e/NF-e na operação fiscal. Assim, caso seja selecionado o “CST 60 – ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária” ou o “CSOSN 500 – ICMS Cobrado Anteriormente por ST ou por Antecipação (referente ao simples nacional)”, basta informar o percentual de redução da BC ICMS Efetivo e a Alíquota do ICMS Efetivo.

  • O cálculo realizado é o percentual da redução aplicado ao valor total do(s) produto(s) e multiplicado pela alíquota do ICMS efetivo, por exemplo:
  • Redução da BC ICMS Efetivo: 10%
  • Alíquota do ICMS Efetivo: 18%
  • Valor dos Produto: R$ 6.301,95
  • BC ICMS Efetivo: R$ 6.301,95 * (1 – 10%) = R$ 5.671,76
  • Valor do ICMS Efetivo: R$ 5.671,76 * 18% = R$ 1.020,92

**Valores meramente ilustrativos, consulte sua contabilidade para saber quais valores devem ser informados.

Seguem as novas tags no XML:

  • Percentual de redução da base de cálculo efetiva (tag pRedBCEfet)
  • Valor da base de cálculo efetiva (tag vBCEfet)
  • Alíquota do ICMS efetiva (tag pICMSEfet)
  • Valor do ICMS efetivo (tag vICMSEfet)

Obs.: O ICMS Efetivo só será inserido no XML em uma operação com consumidor final, ou seja, na NFC-e caso esteja devidamente configurado na operação fiscal, ou em uma NF-e caso esta seja para Consumidor Final = SIM e utilize a situação do ICMS 60 ou 500.

ICMS Desonerado

Adicionamos o cálculo do ICMS Desonerado por fora, como é feito na Zona Franca de Manaus. O ICMS Desonerado por padrão é feito o cálculo por dentro(ICMS Desonerado no RJ por exemplo) ICMS Desonerado: (BC / (1 – ALIQ)) * ALIQ.

Agora ao marcar o checkbox na operação fiscal ou na edição da NF-e “Cálculo Base por Fora”, a forma de cálculo é alterada para:

ICMS Desonerado: BC * ALIQ

Operação Fiscal

Tela de Edição da NF-e

Alterações em massa nas OS

Nem só de produção e comércio é que são feitas as melhorias. É claro que nós também pensamos nas empresas prestadoras de serviços. Nessa lógica, criamos opções na listagem de Ordens de Serviço para realizar alterações em massa nas OS:

  • Modificar Status da Ordens – Modifica o campo “Status” dentro da Ordem de Serviço;
  • Cancelar Ordens Selecionadas;
  • Finalizar Ordens Selecionadas;

Difal por Dentro

Por fim, a mais recente funcionalidade inclusa no SIGE Cloud é a opção do cálculo da Difal por Dentro, como ocorre em alguns estados(RS, PR, AM, BA, etc). Se acaso você deseja habilitar o cálculo por dentro referente à Difal (Diferencial de Alíquotas) deve-se marcar o checkbox “Cálculo Base por Dentro” na seção ICMS – UF Destino:

E então, gostou de tantas funções novas publicadas para atender as necessidades da sua empresa? Pois fique atento! Muito em breve, traremos ainda mais benefícios para você e o seu negócio!

Até a próxima! 😉

Show Full Content
Anterior Novidades de Julho da SIGE Loja
Próximo Já pensou em vender no Google Merchant Center?
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Margem de Contribuição e Lucratividade: planilha para cálculo

8 de janeiro de 2018
Fechar