24 de março de 2019
Modelos de planilhas e conteúdos sobre gestão empresarial

Veja como virar empreendedor mesmo com outro emprego.

Ao conversar com empreendedores, é muito comum ouvir a historia do empregado que estava insatisfeito com seu trabalho e então decidiu ser empreendedor e abrir seu próprio negócio. Porém o processo não é tão simples quanto pedir demissão e abrir seu próprio negócio. Por isso listamos 9 ações que irão lhe ajudar na transição entre seu emprego assalariado e abertura de seu negócio!

Encontre uma paixão

O primeiro passo não poderia ser diferente: descubra em qual segmento você gostaria de ser empreendedor. Mas realize uma avaliação realista, encontrando um setor em que suas habilidades e pontos fortes possam lhe ajudar. Caso contrário, seu empreendimento poderá não ter sucesso.

Não seja sonhador

Ao iniciar sua trajetória no mundo empresarial, é necessário abandonar a fantasia e focar apenas na realidade. Desenvolva uma marca e/ou produto que chame a atenção das pessoas. Se isso não acontecer, seu novo negócio irá à falência rapidamente.

Valide a idéia

Além de ser realista, você também precisa descobrir se sua ideia realmente é viável para se tornar um empreendedor de sucesso. Para isso, realize uma pesquisa de mercado, conversando tanto com possíveis clientes quanto com outros empresários. Esta pesquisa pode influenciar diretamente seu projeto, identificando pontos que devem ser adaptados às expectativas dos clientes.

Desenvolva os planos de negócio e marketing

Depois de descobrir o que vender, saiba como vender. Monte seu plano de negócio, com um planejamento da empresa no médio prazo e mostrando como você vai ganhar dinheiro. Além disso, também é importante pensar na estratégia de marketing da empresa, planejando quais ações e canais de comunicação serão utilizados para atingir seus clientes.

Faça seu investimento

Para tirar a sua ideia do papel e abrir seu negócio, você vai ser necessário de algum dinheiro. Além da montagem do negócio, a verba inicial também deve incluir seu capital de giro, que é o dinheiro utilizado para pagar as contas até que a empresa comece a gerar seu faturamento. Caso você não tenha dinheiro suficiente, pode procurar um investidor ou sócio.

Comece devagar

Tenha paciência no momento de se tornar empreendedor e abrir sua empresa. Trabalhe com uma equipe pequena, converse com seus primeiros clientes e veja se a empresa realmente valerá à pena. Além disso, nada impede que você continue trabalhando como empregado enquanto seu negócio está começando e não exige atenção exclusiva.

Construa uma equipe eficaz

Procure sempre contar com alguém de confiança junto a sua equipe, que poderá resolver problemas que apareçam quando você, eventualmente, não estiver na empresa. Se a verba inicial permitir, contrate profissionais com experiência em áreas especificas da empresa. Os ensinamentos que esses funcionários podem trazer vão beneficiar toda a equipe.

Se você acha que não vale à pena, saia

Depois de abrir sua empresa e despertar seu espírito empreendedor, acompanhe se está tudo correndo bem. Caso não estiver, não tenha vergonha em desistir. É comum falhar quando se está iniciando uma nova jornada, mas encare isso como um aprendizado, pois com isso você cometerá menos erros no futuro.

Escale

Se o seu negocio está dando certo, peça demissão e se dedique integralmente a sua empresa. A partir disso, planeje o crescimento da sua empresa colocando em prática seu plano de negócio e multiplicando seus ganhos. E para isso, lembre-se de valorizar sua equipe, pois um time motivado e engajado vai levar sua empresa muito longe.

Esperamos que nossas dicas possam lhe auxiliar na abertura do seu negócio e na criação de uma empresa de sucesso. Caso você queira compartilhar outras dicas conosco e com outros empreendedores, estamos a disposição através dos comentários!

Show Full Content
Anterior Como ter sucesso ao realizar o lançamento de um novo produto?
Próximo Análise SWOT: modelo de planilha para download gratuito

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Regime tributário: qual a melhor opção para cada empresa

19 de junho de 2015
Fechar